terça-feira, 29 de abril de 2014

APOSTILAS DE TEOLOGIA GRÁTIS - SAIBA AONDE LER O MATERIAL TEOLÓGICO GRÁTIS

APOSTILA DE TEOLOGIA SISTEMÁTICA COMPLETA

Acesse http://www.bookess.com/read/11162-introducao-a-teologia-sistematica/

APOSTILA DE REINO DE DEUS COMPLETA

Acesse http://www.bookess.com/read/11163-introducao-ao-reino-de-deus-livro-2/

APOSTILA DE RESSURREIÇÃO COMPLETA


Acesse http://www.bookess.com/read/11164-ressurreicao-e-imortalidade-volume-3-dsf/



APOSTILA DE PRINCÍPIOS CRISTÃOS COMPLETA



http://www.bookess.com/read/11165-introducao-aos-principios-cristaos-volume-4-dsf/



APOSTILA DE PROPÓSITOS E PROVIDÊNCIA COMPLETA



http://www.bookess.com/read/11167-introducao-aos-propositos-providencias-e-profecias-volume-5-dsf-parte-1/


VISITE MEU BLOG ENVOLVENDO ASSUNTOS SOBRE O COMPORTAMENTO HUMANO NAS ÁREAS DA PSICOLOGIA, PSICANÁLISE E PSICOPEDAGOGIA:
http://projetodsf1.blogspot.com/

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

VOCÊ QUE ENTENDER APOCALIPSE HOJE, ANTES DA VINDA DE JESUS?

VOCÊ QUE ENTENDER APOCALIPSE HOJE, ANTES DA VINDA DE JESUS?
O que o Brasil, a China, os EUA, o Iraque e a Amazônia tem a ver com isso?

Não temos todas as respostas, mas temos todas as perguntas...
(Se achar convincente, divulgue e alerte os irmãos!)

ENTENDENDO A DISPENSAÇÃO DA GRAÇA:
Da cruz ao arrebatamento. O início da Igreja (Pentecostes-ano 30) em Jerusalém, apesar de Jesus já estar preparando-a desde a escolha de seus discípulos antes de sua morte e ressurreição. O homem está recebendo a plenitude da graça divina, através do próprio Cristo (Jo 1.16-17; Tt 2.11).
Duração:Já decorridos 2004 anos. Esta Dispensação findará com o toque da trombeta, quando acontecerá a segunda etapa da vinda de Cristo convocando os fiéis ao Arrebatamento.
(1)Palavra-Chave:GRAÇA Não dispensa ordenanças-Há 1.050 mandamentos no NT.  Ao contrário da lei, a graça dá poder ao homem para cumpri-los. A palavra graça aparece 166 vezes na Bíblia.  (Ef 2.8-9; Rm 15.15; At 4.33;1 Co 15.10;At 18.27;Gl 1.15;Tt 3.7; Cl 3.16;5. Rm 5.20 ;2 Tm 2.1).
 (2)PROPÓSITO: Chamar p/ fora do mundo um povo especial, zeloso e de boas obras para o nome de Jesus (At.15:14-17; Mc.15:16; Ef.1:4-22).
 (3)REVELAÇÃO: A Bíblia apresenta e aspectos: (a) Deus revela-se ao homem em forma de homem (Os Evangelhos foram escritos para relatar a vida e o ministério de Jesus, o Emanuel (Deus conosco).; (b) A Revelação do Espírito Santo aos crentes; (c) A revelação escrita-A Palavra de Deus.
 (4)PERSONAGENS PRINCIPAIS: Jesus Cristo, Paulo e outros.
5)CONCERTO DIVINO: (Jr.31:31-34)-Feito pelo sangue de Jesus Cristo. Seu pacto é extensivo a todos os homens de fé nesta dispensação. (Gl.3:15; Hb.9:12-20; Hb.10:29; 1 Pe.1:4).
 (6)ATOS DE DESOBEDIÊNCIA:  (Ap.22:15; 1 Pe.4:17).
 (7)JUÍZO DIVINO: Duplo aspecto: a) a grande tribulação para o mundo; b) o tribunal de Cristo, para os cristãos.
(8)RESUMO: O estado do homem no começo da jornada (Êx 19.1-3);  RESPONSABILIDADE: Receber a Cristo pela Fé e andar em Espírito (Jo.1:12;Jo.3:18;Ef.2:8-29);
  FRACASSO: Rejeição de Cristo (Jo.5:40; 2 Tm.3:1-7); JUÍZO: A Grande Tribulação (Mt.24:21; Ap.6:17).

NOME DA ALIANÇA DA 6ª DISPENSAÇÃO (DA GRAÇA OU ECLESIÁSTICA)-NOVA ALIANÇA: (Hb. 8.8).-Características: a)È “melhor” do que a Aliança Mosaica (Hb.7.19 e 8.3-4). O próprio Filho foi enviado por Deus à humanidade:( Mt 19.28;Hb 2.7;Lc 2.27; Mt 13.55-57; Lc 4.2-8; Is 53.1-6; Gl.13.13). Cristo é o Mediador (Hb 8.6; 9.15; 12.24). Com o aparecimento de Cristo, a Antiga Aliança terminou, como Paulo afirma em (Rm 10.4; Gl 3.19).  Novamente apareceu Ele celebrando a Ceia com os discípulos (Lc 22.20 e I Co 11.25; Mc 14.24).b)promessas melhores.
 • Na Aliança Mosaica Deus diz, Se... (Ex. 19.5) - Na Nova Aliança Deus diz, “Eu Farei...” (Hb. 8.10-12);
• Na Aliança Mosaica, a obediência brotava de temor; Na Nova Aliança, brota de um coração e uma mente dispostos pela revelação pessoal do SENHOR a cada crente e assegura esquecimento completo dos pecados; ela repousa sobre uma redenção consumada, através de Cristo Jesus. A Nova Aliança repousa sobre o sacrifício de Cristo e  garante bênção eterna, sob a Aliança Abraâmica, de todo aquele que crê.

A TAREFA DA IGREJA: a) COMUNHÃO- Nas relações consigo.(At 2.42); b) EVANGELIZAÇÃO - Em suas relações com o mundo.(Mc 16.15); c) ADORAÇÃO - Em suas relações com Deus. (deve envolver louvor, contribuição e santificação).
FUTURO DA IGREJA: a)Ressurreição dos crentes mortos no Senhor;  b)Transformação dos crentes vivos na vinda do Senhor;  c) Arrebatamento;  d) Comparecimento diante do tribunal de Cristo;  e) Comparecimento às bodas do Cordeiro; e f)Estado de perene glorificação. A Graça não dispensa ordenação pois há l .050 mandamentos no NT; mas, ao contrário da Lei, ela dá poder ao homem. (Ef 2.8,9; At. 4.33; At.18.27; Tt.3.7;Rm.5.20;Rm.15.15; I Co 15.10; Gl.1.15; Cl 3.16; 2 Tm.2.1.)

TRÊS ASPECTOS DA REVELAÇÃO DE DEUS: 1. Os Evangelhos:  um tratado da revelação de Jesus Cristo, um Deus introduzido no meio dos homens: “Emanuel, Deus Conosco”. 2. Revelação através do Espírito Santo: o Guia; o Orientador; o Consolador; o Intercessor; o Fortificador; o Ornamentador da Igreja. “Todos que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. 3. Revelação pela Palavra Escrita - A Bíblia Sagrada. Nela está a revelação perfeita da vontade de Deus.
Em relação à volta do Senhor Jesus, a única unanimidade que há entre os teólogos é que ela acontecerá. Nos demais aspectos,são várias correntes defendidas. Cada um com sua teoria e opinião;é praticamente impossível definir como será a volta do Senhor e os demais acontecimentos dos últimos dias. São os mistérios do Senhor!
A idéia de arrebatamento está presente desde o Antigo testamento:(Gn.5:24;Jz.21:21-23;2 Rs.2:11; Jó.9:12; Sl.144:7; Is.5:29;Is.28:19;Is.57:13; Jr.15:21; Os.2:9; Hc.3:17). No Novo testamento:(At.8:39;At.10:10; At.11:5; At.22:17;2 Co.12:2-4;21 Ts.4:17; Ap.1:10; Ap.4:2; Ap.12:5;Ap.19:7).
ARREBATAMENTO - Tirar com violência ou força arrancar, levar, desprender de um ímpeto, extasiar numa ação conjunta, rápida e de forma precisa e violenta (1 Co.15:52;Jo 14:1-3).
O arrebatamento da igreja é também o início de uma série de fatos que se desencadearão após o rapto da igreja.utro nome que podemos localizar o rapto da igreja. Outra expressão é Segunda vinda de Cristo, ou Segundo advento (At 1:11).
SUA REALIDADE: Já no tempo dos apóstolos a segunda vinda de Cristo era negada (IIPe.3:4), e ainda hoje encontramos pessoas que negam a realidade desta doutrina. Por isso é necessário demonstrar, pelas Escrituras, a sua realidade.  Ela é estabelecida por vários testemunhos bíblicos: a) Pelo Testemunho dos Profetas (Zc.14:3-5; Ml.3:1; Ez.21:26,27). b) Pelo Testemunho de João Batista (Lc.3:3-6). c) Pelo Testemunho de Cristo (Jo.14:2,3). d) Pelo Testemunho dos Anjos (At.1:11). e) Pelo Testemunho dos Apóstolos (Mc.13:26; Lc.21:27; IJo.3:1-3; Tg.5:7; IPe.1:7,13; ITs.4:13-18; Hb.9:27).
SUA NATUREZA: 1)Não é apenas Espiritual: Como a vinda do Espírito Santo no Pentecostes, ou como na conversão do pecador ou como na conversão do mundo, pela expansão do cristianismo (Lc.18:8; IITs.2:13-12; ITm.4:1; Lc.17:26-30).
2) É Literal: (a) Pessoal e Corporal: (Palavras gregas): Optomai -aparecer pela 2ªvez(Hb.9:28); Ercomai - vir outra vez .(Jo.14:3); Epphanos -aparição do Senhor,usado tanto para o primeiro advento (2 Tm.1:10), como para o segundo (2Ts.2:8;1Tm.6:14; 2Tm.4:1,8; Tt.2:13); Apokalypsi -indica visibilidade, revelação, desvendamento; manifestação (Ap.1:7,9-11; Mt.24:26,27,30; Lc.21:27; 1t.2:13; 1Jo.3:2,3; Is.52:8; Os.5:15;1 Co.1:7;Rm.8:19; 2Ts.1:7; 1Pe.1:7,13;4:13); Parousia-indica presença ou retorno (At.1:11; 1Ts.4:14-17;2 Ts 2:8;Mt.24:3,27,37,39; 1Co.1:8;15:23; 1Ts.2:19; 1Ts.3:13;4:15;5:23; 2Ts.2:1; Tg.5:7; 2 Pe.1:16;3:4,12; 1Jo.2:28; 1Co.16:17; Fp.2:12; 2 Co.10:10). (b) É Súbita (Ap.22:7,12,20; Mt.24:27); (c) É Iminente, do ponto de vista profético (Tt.2:13; Hb.9:28; ITs.1:9,10; Rm.13:11). (d)É Próxima, do ponto de vista histórico (Lc.21:28; Mt.16:3;24:33;24:3).
SUAS FASES: Ocorrerá em duas fases: (Sf.2:3). 1ª FASE:Pré-Tribulacional: A primeira fase (Ap.3:10).  O arrebatamento da igreja, nos ares (ITs.4:16,17; Jo.14:3); a parousia. 2ª FASE:Pré-Milenista: A segunda fase (IITm.2:12). A revelação ao mundo, na terra (IITs.1:7-9;2:7,8; Cl.3:4; Ap.1:7; Jl.3:11; ITs.3:11; Zc.14:4,5; Jd.14).
OUTRAS ANALOGIAS: Além da de Gideão,há na Bíblia algumas analogias a estes dois aspectos da segunda vinda:
a) Davi: A volta de Davi da outra banda do Jordão depois de Abraão e seus seguidores terem sido derrotados, a ida de Judá ao seu encontro, e a volta dos dois juntos para Jesuralém (IISm.19:10-15,40; IISm.20:1-3).b) Joiada: A revelação particular de Joiada aos capitães e aos cários, e sua revelação pública um pouco mais tarde (IIRs.11:4-12).c) Pedro: O encontro de Pedro com Jesus, andando sobre as águas. Pedro foi até Ele, e os dois voltaram juntos para o barco (Mt.14:22-34). d) Paulo: Quando Paulo aproximou-se de Roma, os irmãos foram ao seu encontro e todos voltaram juntos para a capital (At.18:15,16). e) Isaque: O encontro de Isaque com Rebeca (Gn.24). Neste trecho Abraão é um tipo de um Rei que faria o casamento de seu Filho (Mt.22:2). O Servo anônimo um tipo do Espirito Santo, que não fala de si mesmo mas das coisas do Noivo para conquistar a noiva (Jo.16:13,14), e que enriquece a noiva com presentes do Noivo (ICo.12:7-11; Gl.5:22-23), e que traz a noiva ao encontro do Noivo (At.13:4;16:6-7; Rm.8:11; ITs.4:14-17). Rebeca é um tipo da igreja, a virgem noiva de Cristo (Gn.24:16; IICo.11:2; Ef.5:25-32). Isaque, um tipo do Noivo, a quem não havendo visto, a noiva ama pelo testemunho do Servo anônimo (IPe.1:8), e que sai ao encontro de Sua noiva para recebê-la (Gn.24:63; ITs.4:14-17).
SEUS SINAIS: Precedentes da Segunda Vinda: 1) Sinais nos Céus (Lc.21:25a).2) Sinais na Terra (Lc.21:25b; Mt.19:28;24:6-8):Terremotos (Mt.24:7); Pestes (Mt.24:7); Guerras e fome (Mt.24:7); Progresso científico (Dn.12:4; Na.2:4);  Apostasia (ITm.4:1; IITm.4:1-4; IIPe.2:1,2); Tempos difíceis (IITm.3:1-5; Tg.5:1-8).
 A HISTÓRIA DE GIDEÃO E O ARREBATAMENTO: Na história de Gideão, há indicações de conteúdo profético do futuro de Israel e o tempo da Grande Tribulação, onde podemos usar para analisar a volta de Jesus. As histórias de Deus com Israel e com a Igreja se sobrepõem: no nascimento da Igreja em Pentecoste, Deus deixou Israel de lado,mas  desde a fundação do Estado de Israel (14/05/1948), o Senhor voltou a agir por Israel, o que mostra que a parousia está próxima.
 Os sinais do arrebatamento: (Jz 6-8) a trombeta chama o povo a se reunir a Gideão. A trombeta foi um elemento chave (Jz.6.33-34):Os inimigos se acamparam, mas o Espírito do Senhor revestiu a Gideão,que tocou a trombeta; esse é o sentido do NT. Ao soar a trombeta, a Igreja será reunida no Espírito Santo e arrebatada. (1Ts 4.16-18; 1 Co 15.51-52;Jo 14.1-3). No arrebatamento nos reuniremos  com o Senhor, e um sinal ou elemento deflagrador será o som da trombeta:
O caminho para o arrebatamento: a) Ficar cheio do Espírito Santo (Juízes 6.34;Ef.4.30).b) Lançar fora toda carga ruim (medo), Manter-se próximo à água (Ef 5.26; Jz 7.4) e Viver c/objetivo em mente (Jz.7.5-6; 2 Pe 3.12a). A caminho do arrebatamento, leve somente as “provisões”, a Palavra de Deus, e a “trombeta”, a prontidão p/o arrebatamento (Jz.7:8a) leve em conta que a trombeta será tocada,breve.
ALIANÇA DA 6ª DISPENSAÇÃO (DA GRAÇA OU ECLESIÁSTICA)-NOVA ALIANÇA: (2a. Parte) O que acontecerá com os crentes por ocasião do arrebatamento? Seremos transformados (1 Co.15.52-53) e recebermos um corpo espiritual  e imortal. Essa transformação por ocasião do arrebatamento, ao soar da trombeta, nos é mostrado alegoricamente no caso de Gideão (Jz.7.16,19-20). Os homens mantinham a luz das tochas escondidas dentro dos cântaros. Mas, exatamente no momento em que começaram a ser tocadas as trombetas, os cântaros foram quebrados e a clara luz das tochas iluminou tudo. Isso é uma alegoria da transformação por ocasião do arrebatamento.
A clara luz de Cristo normalmente ainda está escondida em nosso corpo, pois somos como cântaros (vasos) que carregam em seu interior a clara luz do Evangelho (Mt 5.14a).  Por enquanto essa luz ainda é escondida pelo vaso da nossa carne. Mas, no momento em que a trombeta de Deus for tocada para o arrebatamento, nosso corpo será transformado (como os cântaros que foram quebrados naquele tempo);seremos arrebatados para ir ao Senhor. (Mateus 13.43).
Quando acontecerá o arrebatamento? Antes do juízo, isto é, antes da Grande Tribulação (1 Tess.1.10).
A ira de Deus começará com a Grande Tribulação; ela será o juízo de Deus sobre o mundo de incredulidade e maldade. A Igreja será preservada da ira do Senhor, pois, como filhos de Deus,estivemos sob a ira dEle e Seu juízo: isso aconteceu na cruz do Calvário; o Senhor Jesus tomou vicariamente sobre si nosso juízo e a ira de Deus. (1 Tess.5.9-10).
Quando foram tocadas as trombetas e quebrados os cântaros ( figura da transformação e do arrebatamento)?
A resposta é: “...ao princípio da vigília média...” Esse é o tempo em torno da meia-noite (Mt.25.6).  Sabemos que, em nossos dias, nos aproximamos dessa hora da meia-noite. Os sinais dos tempos e Israel apontam para isso claramente.
Trata-se também do tempo em que o mundo das nações está colocando “guardas” contra Israel, como os midianitas o fizeram naquela época (Jz 7.19). Isso levará, no final das contas, à batalha dos povos em Armagedom.
Atualmente, Israel está perdendo cada vez mais sustentação. A conquista de Jerusalém e a destruição de Israel continua fazendo parte do plano dos inimigos do povo de Deus. Mas antes do começo desse último período anticristão será ouvida a trombeta de Deus e a Igreja de Jesus será arrebatada.
Quando entrou em ação a espada do Senhor (Jz 7.20)? Só depois de tocadas as trombetas e quebrados os cântaros (uma figura do arrebatamento), quando a clara luz das tochas iluminou o acampamento dos inimigos, os israelitas gritaram: “Espada pelo Senhor e por Gideão!” A “espada pelo Senhor”, aponta profeticamente para o “dia do Senhor”, o tempo da Grande Tribulação, na qual o Senhor vai julgar o mundo ajuntado contra Seu amado povo Israel.
TOQUE DAS TROMBETAS: Shofar-símbolo de poder físico (Dt.33:17) e santo (Êx. 27:1; 30:2). O Senhor é o “chifre” (=força)da salvação(2 Sm.22:3,Sl.18:2).O shofar era cheio de óleo p/ungir reis (1 Sm.16:1) e adorar ao Senhor: (Sl.150:3).
OCASIÕES ONDE O SHOFAR É USADO: a) Em ocasião ALEGRE; b)Para confundir O INIMIGO (Jz.7:1,16-22); c) No começo de cada mês; d) Convocação para um Ato Sagrado, solene, santo; e) P/anunciar guerra. É tocado Na Festa das Trombetas, além das Trombetas de Prata (Nm.10:1-10)-dia de alegria e de grande regojizo, mas tem também uma nota de solenidade, isso por causa dos eventos de agitação da terra que ocorrerão imediatamente antes do retorno de Cristo.
 Festa das Trombetas: Deus tem um plano redentivo que se revela nas Festas do Senhor;têm p/Israel um sentido histórico e p/a Igreja, sentido profético.(Ap. 8:1). As sete trombetas compõem o sétimo selo:O toque da sétima trombeta anuncia a volta do Senhor! Jesus voltará durante a Festa das Trombetas. O “1º dia do sétimo mês” é o Dia da Festa das Trombetas-(Lev. 23:24;  Ne.8:2).Este dia para é para o povo de Deus se alegrar (Ne.8:2;9-12), mas para o povo de fora é dia de trevas! Começa com guerra mas termina com o retorno de Jesus Cristo.
APLICAÇÃO BÍBLICA NA HISTÓRIA NUM SENTIDO DAS PALAVRAS-CHAVE NOS ORIGINAIS:  Deus no trono dá ordem e sela o livro com os 7 selos reais ao anjo nos cavalos que tocam as 7 trombetas e dão 4 vozes à terra nos 4 cantos onde são tocados os 7 flagelos, até o julgamento final; Tudo se relaciona ao mesmo assunto e interagem entre si; Seria como se sete pessoas vissem uma cena e contassem a alguém e no final, teríamos, a história do ocorrido; Note-se que os versículos da Bíblia, todos se relacionam entre si.
APOCALIPSE 1 a 3:SETE IGREJAS DA ÁSIA: Tempos da história da Igreja:
1) Igreja de Éfeso: Época:Século I; Significado: Desejável; Caráter da Igreja:Igreja do Amor decadente; Elogio:Labor, perseverança, resignação no sofrimento pelo nome de Jesus;(Igreja Primitiva);
2) Igreja de Esmirna: Época: Anos 100 a 313;  Significado: Amargura; Caráter da Igreja: Perseguida; Elogio:Rica Espiritualmente;(Igreja antes da Oficialização por Constantino);
3) Igreja de Pérgamo: Época: Anos 313 a 600; Significado: Casamento; Caráter da Igreja: Mundana; Elogio: Conservou o nome de Cristo e não negou a fé. (Início da Igreja Romana);
4) Igreja de Tiatira: Época: Anos 600 a 1517; Significado: Quem sacrifica sempre; Caráter da Igreja: Profana; Elogio: Amor, fé, serviço, perseverança, últimas obras mais numerosas que as primeiras.(Igreja da Idade Média-Inquisição);
5) Igreja de Sardes: Época: Anos 1517 a 1750; Significado: Remanescente; Caráter da Igreja: Igreja morta; Elogio: Não teve; (Epóca da reforma Protestante);
6) Igreja de Filadélfia: Época: Anos 1750 até hoje; Significado: Amor Fraternal; Caráter da Igreja: Avivada e Missionária; Elogio:  Guardou a palavra de Cristo e não negou o seu nome.(Igreja do Avivamento Pentecostal e Evangelismo Mundial).
 7) Igreja de Laodicéia: Época: Atual; Significado: Direitos do Povo;  Caráter da Igreja: Igreja Morta; Elogio:Não teve (Evangélicos da Prosperidade sem testemunho).
APOCALIPSE 4 a 5: Após a morte e ressurreição de Jesus (V.5 e 6), quando foi exaltado no céu, Jesus assentou-se no Trono (dignidade real, autoridade, poder real e jurídico), usando uma Coroa (Símbolo de prêmio e condição exaltada) abriu o Livro escrito (Documento Registrado), que usava o Selo (Prova de Autenticidade).
1ª- Seca (Granizo prefigura julgamento divino-´1/3 geral-Queimada, fome e morte)-A seca devasta no mundo um total de 1/3 da área total e já se fala até em deserto em qualquer lugar do mundo;
 2ª-Doenças:Tumores (Ergue-se monte de ardor como fogo e sangue)-As doenças malignas invadem a terra, principalmente nas pessoas que são ainda criaturas de Deus por desconhecerem ou não aceitarem ainda o Senhor e têm sua vida ou lazer no mundo promíscuo e perdido.
 3ª-Poluição: Luz espalhou como óleo sobre águas-maioria das águas não são potáveis e muitos morrem(poluição).
 4ª-Violência na Família:(golpeado o governador, sua atrativa e filhos(espalhados)-Pai=sol;mãe=lua e filhos=estrelas.
5ª-Guerra: (luz que desce do céu e pousa na habitação humana-Base: Gafanhoto-Helicóptero;cavalos preparados= camuflagem de variadas cores; coroas como ouro: hélices girando de aço; rosto como de homem=pilotos com  máscaras,óculos e capacetes; cabelos como de mulher: pás das hélices  parecem longos cabelos de mulheres.dentes como de leão: As balas das metralhadoras;(iguais em pentes); couraças como de ferro; (estrutura de alumínio); barulho das asas como de muitos cavalos (motor funcionando); cauda como escorpiões e ferrão (Antena frontal no helicóptero e calda vertical parecida com a de escorpião); O primeiro ai passou. Eis que, depois destas coisas, vêm ainda dois ais.: O Helicóptero surgiu em 1939 e foi inventado por Igor Sikorsky de nacionalidade Americana.
 6ª-Desentendimento às nações:  Trono de Ouro = Ordenança divina, pois trono = poder e ouro = pureza, logo trono de ouro = ordem de Deus., 4 ângulos, simbolizam as 4 direções dos pontos cardeais, ou seja, em toda a face da terra.  Deus quis dizer que num ano tal, num mês tal, num dia tal a uma hora tal, o dia D, quatro presidentes em quatro países na região do golfo pérsico fariam guerra, Kuwait, Iraque, Emirados Árabes, Arábia Saudita.  Fogo da artilharia e aviação; Fumaça dos campos de petróleo queimando e enxofre, representando as armas químicas lançadas. A força dos cavalos estava na sua boca e na sua cauda-tanques/blindados de guerra convencionais e caminhões lança - mísseis com radar. Livro aberto: Bíblia doce p/pregar e amargo p/viver; Mistério é arrebatamento na última trombeta (1 Co.15:52; 1 Ts.4:16; Mt.24:31; 1 Co.14:8; Zc.9:14;Am.3:6; Ez.33:3-5).

RESUMO DE APOCALIPSE


1º - Apocalipse - Cap.1 - A Revelação de Jesus Cristo que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que Ele, enviando por seu anjo, notificou ao seu servo João, confirma que Deus ainda notifica e revela aos seus servos, sem acepção;
Observe-se que João escreveu, contemplou e viu cenas e acontecimentos futuros que ele transpôs para o papel conforme o seu entendimento em sua época e, para que possamos desvendar estes segredos dos mistérios de Deus, é necessário que voltemos pelo Espírito à Mesma Visão que Ele teve, ou seja, veremos o que ele viu e compararemos com os dias atuais e tiraremos as conclusões pelo que Ele escreveu, auxiliados pelo Espírito Santo.
2º - Apocalipse Caps. 2 e 3 - O livro de Apocalipse não está ordenado na ordem impressa de seus capítulos, no que se refere ao sentido que Ele expressa, pois em Apocalipse, se fala sobre temas de Gênesis, mas pelo Espírito Santo que vivificou a Jesus dos mortos, Ele mesmo vivifica a Palavra tornando-a viva e Ele agita seus versículos que são como folhas secas flutuantes num lago de águas calmas e cristalinas, como o vento agita as folhas secas desse lago, elas se afastam, deixando-se ver o que está contido no fundo do lado, a saber, a revelação de Deus, pois a Letra mata e o Espírito vivifica. e dentre outros sentidos, essas cartas às igrejas descritas, representam os tipos das várias igrejas denominacionais espalhadas hoje no mundo e suas ramificações, com variadas formas na doutrina e de maneiras de serem dirigidas por seus líderes, além de ser uma advertência pessoal a cada um de nós;.
3º - Apocalipse Cap.4 - O trono de Deus não apenas enseja a soberania de Deus, como demonstra a Ordenança do Pai, que se firma na sua Palavra, que é o livro aberto, revelação da Bíblia impressa em variados idiomas em todo o mundo., e nos mostra que ele unifica o centro de sua atenção no Plano da redenção, sem contudo observar as demais coisas pois seu poder são incomparáveis, além do que só há uma porta para o Céu e seus sentidos: Jesus é Leão que veio tomar posse do que seu Pai lhe deu (Jesus é Deus) e Ele é o novilho ou cordeiro (Jesus é o Holocausto e pão da vida) e Ele é Homem e Ele nos arrebatará do inferno como águia a Igreja subirá aos Céus;
4º - Apocalipse Cap. 5: Note-se bem, que Assim como o bode expiatório foi levado ao deserto pela mão de um homem no antigo testamento para expiar os pecados do povo e do sacerdote, Cristo, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo foi levado pelo Espírito Santo ao deserto no Novo testamento e tal qual o chifre de carneiro descrito no texto acima, este mesmo refere-se ao cordeiro de sete chifres, que é Jesus Apocalipse Cap. 5;
5º - Apocalipse Cap.6 - O selo, como marca autêntica da veracidade e autenticidade do Criador, tal qual as marcas do sangue de Cristo, exemplo, o que o rei Assuero deu a Ester, para livrar o seu povo, e o anel, como prova da autoridade que Deus dá, exemplo, o anel dado pelo Faraó a José para Governar o Egito, para livrar o seu povo, enseja a ordenança do Pai sendo cumprida pelo mover do seu Santo Espírito, cooperando com Ele, em unidade, precedendo a vinda do Filho do Homem, Jesus Cristo, Rei e Senhor;
Os cavalos descritos na Palavra descrevem não apenas animais, mas ensejam o cumprimento da Ordem dada pelo Senhor que irão se cumprir o que da humanidade está escrito, conforme a vontade de Deus, baseada na sua Palavra, exemplo a visão de Eliseu à respeito dos Cavaleiros e seus cavalos e de Elias que teve a mesma visão e sobre o que está escrito sobre as jumentas brancas usadas pelos juízes em Israel, que Jesus Juiz, usou;
Cavalos Brancos, Vermelhos, Pretos e Amarelos; Quando a Falsa Paz, que é a falsa brancura atinge a humanidade, logo se manifesta a vermelhidão da guerra demonstrada pela aspersão do sangue de mortos ao chão e logo a medida da balança (economia de mercado) é danificada porque os meios de produção dos países em conflito deixam de produzir alimentos para produzir armamentos e o preço dos alimentos sobe e há a fome preta e as pessoas amareladas pela fome e desespero morrem e na maioria das vezes morrem e não são salvas e vão para o inferno; Mas todos os que aceitaram a verdade e morreram por Cristo, estarão com a paz dEle e salvos, aguardarão o número total dos que Jesus disse ao Pai, na oração sacerdotal:
“... Peço por todos aqueles que me deste, porque são meus...”. No sexto selo, Cap. 6 12 a 17 - Apocalipse, conforme o sonho de José, que o Sol, a Lua e as Estrelas se curvariam diante dele, temos; O Sol escuro retrata a dificuldade e até mesmo a morte dos Pais homens, em conseguirem sustentar suas famílias (morte e desemprego e recessão mundial) e a Lua que é a mãe, avermelha-se em hemorragias abortando as futuras crianças que são as estrelas do lar, como figos verdes que caem; Note-se que como Cristo é a Arca de madeira coberta por Ouro, as duas naturezas de Jesus como Deus e Homem, a Palavra tem dois sentidos, o literal e o Espiritual que concordam entre si, dando total significação ao que Deus quer se pronunciar.v.14
- O vento é formado por ação de diferenças de temperaturas do calor do equador e dos Pólos e o pergaminho enrolado são os El ninos, tufões, furações, trombadas d’água e outros efeitos catastróficos no clima;
Montes (de casas = Apartamentos) e ilhas, casas cercadas de terrenos, destruídas por todos os lados; Ainda há Regimes monárquicos; os grandes políticos, os comandantes, os ricos, os poderosos conglomerados de Empresas Multinacionais e Instituições mundiais, como Otan, ONU, Mercosul, Cone, etc.; escravos são os militares escravos do trabalho nos quartéis e à farda e os livres, os civis;
Cavernas são túneis comuns hoje em dia, exemplo o túnel sobre o canal da mancha ou bases militares e os penhascos dos montes, os arranha-céus; O arrebatamento chegará a todos os cantos da terra.
6º Apocalipse Capítulo 7 - Após a porta dos gentios se fechar, os olhos do Senhor Jesus se voltarão para os judeus - 144 mil. Quatro cantos da terra - Norte, Sul, Leste e Oeste e no mesmo momento, tudo se processa pela vontade do Senhor; a ação de Deus é total;
7º - Apocalipse Capítulo 8 - Considerações iniciais - As trombetas expressam o pleno cumprimento da ordenança do Senhor, como antecessora da ação das mãos do Senhor, uma vez que elas proclamam a Glória de Deus que se manifesta na sua plenitude; Tomemos por base, o seguinte texto de Êxodo Cap. 19:13b e 16;(_”Quando soar longamente a buzina, então subirão ao Monte...; e ...Ao amanhecer do terceiro dia, houve trovões e relâmpagos e uma espessa nuvem sobre o monte e mui forte clangor de trombeta, de maneira que todo o povo que estava no arraial, estremeceu.) e desse texto: Sete Sacerdotes levarão sete trombetas de chifre de carneiro, diante da arca; no sétimo dia, rodeareis a cidade, sete vezes e os sacerdotes tocarão as trombetas e será que tocando-se longamente a trombeta de chifre de carneiro, ouvindo vós o sonido dela, todo o povo gritará com grande grita e o muro cairá abaixo; Josué 6:4-5); Leia Oséias 8:1;
Com respeito do descanso sabático, nós que entramos no “sábado”, que é Jesus Cristo, o Senhor do Sábado, esperamos o descanso do Senhor, porque o sábado mesmo, era para os judeus e não para os gentios, porque Jesus cumpriu toda a Lei e sobre a trombeta, conforme 1 Tessalonicenses 4:13-18 diz ”Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre as nuvens para o encontro do Senhor nos ares e, assim, estaremos para sempre com o Senhor”; Leia 2 Pedro Capítulo 3; e 2 Tessalonicenses Cap. 2;
NOTA RESUMO: Entenda: Deus no trono dá ordem e sela o livro com os 7 selos reais ao anjo nos cavalos que tocam as 7 trombetas e dão 4 vozes à terra nos 4 cantos onde são tocados os 7 flagelos, até o julgamento final; Tudo se relaciona ao mesmo assunto e interagem entre si; Seria como se sete pessoas vissem uma cena e contassem a alguém e no final, teríamos, a história do ocorrido; Note-se que os versículos da Bíblia, todos se relacionam entre si.
Vejamos agora, por versículos, a revelação das trombetas, que tocam com o mesmo som, uma após a outra e juntas no final; 1a.; 1a. e 2a; 1a, 2a. e 3a...., até as sete juntas:

REVELAÇÃO DAS SETE TROMBETAS DO APOCALIPSE:
CAPÍTULO 8
1ª Trombeta: (Versículo 7:O primeiro anjo tocou a trombeta e houve saraiva e fogo de mistura com sangue, e foram atirados à terra. Foi, então, queimada a terça parte da terra, e das árvores e também toda erva verde.)
O anjo tocou a trombeta porque foi uma ordenança de Deus para se cumprir e a saraiva é o calor ou aquecimento na terra. Pessoas e animais morrem em todo o mundo de fome e sede e o sangue cai e se mistura à terra ou são sepultados;Foi atirados à terra porque é uma maldição de Deus e corpos são praticamente atirados nas sepulturas nuas dos solos em áreas de calamidade global; Quando se fala na terça parte de uma área não é propriamente um único pedaço, mais no valor total, mesmo que esta área esteja espalhada. A seca devasta no mundo um total de 1/3 da área total e já se fala até em deserto em qualquer lugar do mundo, logo A PRIMEIRA TROMBETA É A SECA, que toca no mundo, há tempos.
Segunda Trombeta - Versículos 8 e 9 - O segundo anjo tocou a trombeta, e como que uma grande montanha ardendo em chamas foi atirada ao mar, cuja terça parte se tornou em sangue, e morreu a terça parte da criação que tinha vida, existente no mar, e foi destruída a terça parte das embarcações.
O que é que se parece com um grande monte, arde como fogo e termina em sangue? - O tumor. O mar é o nosso sangue, mar de nutrientes químicos e orgânico -celulares. As doenças malignas invadem a terra, principalmente nas pessoas que são ainda criaturas de Deus por desconhecerem ou não aceitarem ainda o Senhor e têm sua vida ou lazer no mundo promíscuo e perdido e as embarcações são as famílias que perdem seus entes queridos nessas coisa. ex: Meu barco está difícil de se levar... ditado popular, logo, A SEGUNDA TROMBETA SÃO AS DOENÇAS, ex. Aids, Ébola, Câncer, Lepra, Dengue, entre outras tantas, que toca no mundo juntamente com a primeira;
Terceira Trombeta - Versículo 10 e 11-O terceiro anjo tocou a trombeta e caiu do céu sobre a terça parte dos rios e sobre as fontes das águas uma grande estrela, ardendo como tocha. O nome da estrela é Absinto; e a terça parte das águas se tornou em absinto, e muitos dos homens morreram por causa dessas águas, porque se tornaram amargosas.
Na época do profeta não havia luz artificial como hoje vemos; Tudo que ele via era para ele, como uma luz de estrela no céu; Pela fé, ele viu a luz de uma chaminé muito alta no céu, que para ele, parecia ser estrela caindo e ardia nos seus olhos como uma tocha, pois ele estava arrebatado lá, assim como Deus arrebatou Elias; Absinto = Amargura e muitos homens morrem pela poluição de ar, água, solo, sonora, etc...ex. Chernobil, Cubatão, etc...Bastaria dizer que grande parte da água é salgada +- 98% e o restante é congelado nas geleiras ou no subsolo e dos 0,3% potáveis, grande parte está poluída; queres provas? O que Deus nos deu de graça pagamos, que é a conta de água ou mineral., logo a TERCEIRA TROMBETA É A POLUIÇÃO, que continua a tocar juntamente com as duas primeiras.
Quarta Trombeta - Versículos 12 a 13- O quarto anjo tocou a trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, da lua e das estrelas, para que a terça parte deles escurecesse e, na sua terça parte, não brilhasse, tanto o dia como também a noite. Então, vi e ouvi uma águia, que voando pelo meio do céu, dizia em grande voz: Ai. Ai. Ai. dos que moram na terra, por causa das restantes vozes da trombeta dos três anjos que ainda têm de tocar.
Conforme o sonho de José do Egito, que falara que o sol, a lua e a estrelas se prostrariam perante ele, o sol representa o pai que vai trabalhar durante o dia e ao descansar à noite em casa a lua cuida dos filhos do casal que são as estrelas. O sol ferido, família de viúva; A lua ferida, família de viúvo; A águia que voa, é promessa do Senhor para a igreja que ela subirá como águia, que significa a Igreja, arrebatando almas do inferno (Obra de Deus) Deut. 32-11);e estaremos acima dos problemas pois confiamos em Deus., logo,a QUARTA TROMBETA É A VIOLÊNCIA NA FAMÍLIA, pois Jesus veio trazer espada e os inimigos do homem serão os de sua própria casa, pois como sabes se salvarás teu marido? Esta trombeta toca juntamente com as outras três até o dia de hoje. Nota: Desta trombeta em diante, os fatos são mais atuais e, para isto, precisaremos detalhar mais os pormenores e ressaltamos que o que cremos pelo Espírito, que o profeta viu, manifestou-o em linguagem e entendimento que ele tinha em relação aos valores e costumes da época e para isto, precisaremos conhecer detalhes daquela época e, sermos inteligentes.
Quinta Trombeta - Capítulo 9 - versículos 1 a 12 - O quinto anjo tocou a trombeta, e vi uma estrela caída do céu na terra. E foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Ela abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço como fumaça de grande fornalha, e, com a fumaceira saída do poço, escureceu-se o sol e o ar. Também da fumaça saíram gafanhotos para a terra; e foi-lhes dado poder como os que têm os escorpiões da terra, e foi-lhes dito que não causassem dano à erva da terra, nem a qualquer coisa verde, nem a árvore alguma e tão-somente aos homens que não têm o selo de Deus sobre a fronte. Foi-lhes também dado, não que os matassem, e sim que os atormentassem durante cinco meses. E o seu tormento era como tormento de escorpião quando fere alguém. Naqueles dias, os homens buscarão a morte e não a acharão; também terão ardente desejo de morrer, mas a morte fugirá deles. O aspecto dos gafanhotos era semelhante a cavalos preparados para a peleja; na sua cabeça havia como que coroas parecendo de ouro; e o seu rosto era como rosto de homem; tinham também cabelos, como cabelos de mulher; os seus dentes como dentes de leão; tinham couraças, como couraças de ferro; o barulho que as suas asas faziam era como o barulho de carros de muitos cavalos, quando correm à peleja; tinham ainda cauda, como escorpiões e ferrão; na cauda tinham poder para causar danos aos homens por cinco meses; e tinham sobre eles, como seu rei, o anjo do abismo, cujo nome em hebráico é Abadom e em grego, apoliom. O primeiro ai passou. Eis que, depois destas coisas, vêm ainda 02 ais.
Revelação: Tudo que tinha luz no céu para o profeta era estrela; se até mesmo um míssil, avião, ou bomba de festa caísse do céu, para ele, na visão, era luz de estrela. Pela fé, ele viu uma máquina voadora, descendo do céu na terra como pouso, o que para ele seria “cair”.
Foi dada a esta máquina uma chave ou código como uma chave ou segredo tal qual se vê nos aeroportos hoje em dia; permissão para pousar ou levantar vôo. Abismo = buraco muito grande; Poço = Buraco trabalhado de concreto ou alvenaria, pelo homem, logo poço do abismo, será uma grande estrutura feita pelo homem no chão; Veja, que poço não abre, e sim, a tampa, que se abriu sozinha, conforme o verbo abrir = abriu só.
O que aconteceu é que uma máquina voadora recebeu um código de acesso para esta base subterrânea e a tampa da estrutura militar se abriu automaticamente e como o profeta só conhecia as fumaceiras das fornalhas do Rei, como o de Sadraque e de Daniel, por exemplo, ao se ligarem as máquinas que lá estavam e pela queima do combustível subiu muita fumaça, ele comparou com as fornalhas do rei;
Como ele estava arrebatado, não viu mais nada na hora, naquele local, e sentiu a poluição nas suas narinas, fato, este, que o leva a dizer, escureceu o sol e o ar. Então, João, viu que daquela fumaça intensa e extraordinária, subiram insetos?, NÃO! Subiram máquinas que por serem pequenas e muitas em número, pareceriam gafanhotos, porque na sua terra, gafanhotos eram pragas numerosas e, como ele somente conhecia o poder de Deus ou dos homens, viu que aquelas máquinas recebiam o poder de destruição, hoje sabemos que são bombas, mísseis e ogivas. Ele comparou o grau de destruição daquelas máquinas em relação à área de ataque, como o escorpião, que é muito pequeno mas tem um ferrão mortal; João ouviu e viu a ordem dada para que estas máquinas voadoras iniciassem o ataque aos inimigos e, como na sua época, os israelitas ao atacarem os inimigos, destruíam as árvores, matavam os animais e entulhavam os poços de água, ele pensou que iriam fazer a mesma coisa, mas surpreendeu-se porque essas máquinas destruidoras não estavam interessadas nisso, mas em fazer uma guerra diferente, tão-somente, aos homens que não tem na fronte o selo do Príncipe da Paz, que é o Santo Espírito; Ele viu isto nestes homens porque estava arrebatado e podia ver coisas celestiais e terrenas e via que estes não eram salvos. V.5-João ouviu a comunicação da base com os pilotos desses aparelhos, e ele pensou que era uma ordem para não matar as pessoas e somente feri-las; viu acidentes com pilotos e pessoas próximas a estas aeronaves e a destruição causada às pessoas pelas balas, obuses, canhões, mísseis, projéteis, granadas e todos os tipos de acessórios mortais usados nas guerras; viu pessoas mutiladas nos hospitais e atormentadas por 5 meses ou vários meses, em leitos de hospitais se recuperando de ferimentos.
O escorpião quando fere, no local se abre uma grande ferida avermelhada, como um buraco de bala e a pessoa sente muita dor e fica com febre até a morte; e como João não conhecia bala de metralhadora de aeronave, ele achou o ferimento parecido com o que ele conhecia, a saber, picada de escorpião;
Os homens discutem hoje a eutanásia e até nos noticiários locais, um enfermeiro foi preso por matar esses pacientes terminais e nos Estados Unidos um tal de Dr. Morte foi preso; Imagine agora, um soldado ferido em campo de guerra, cego, sem braços e pernas e com o peito cheio de perfurações por estilhaços de granada, deitado na enfermaria de uma tenda no meio de tanto sofrimentos e gritos de dor, sem morfina, apenas com soro para evitar hemorragias? Ele irá se desesperar porque não conhece a verdade, que é Jesus e verá sua vida toda perdida e desejará a morte, pedindo para alguém que o mate ou desligue seus aparelhos e ninguém o fará, temendo uma corte marcial;
Os homens desejarão morrer e a morte fugirá deles; Nos versículos 7 a 12, João contemplou e descreveu essas máquinas de guerras nos últimos dias. Você já tem uma idéia? Pois bem, vou dar uma dica. Qual o veículo mais usado hoje em dia, por polícia, bombeiro, empresários, traficantes, guerrilheiros, que parece com um inseto? O GAFANHOTO DO APOCALIPSE É O HELICÓPTERO. Vejamos a descrição deles:
1º- O aspecto dos gafanhotos era semelhante a cavalos preparados para a peleja: _ O número de máquinas voadoras no céu, impressionou João, ao ponto de ele pensar que era uma nuvem de gafanhotos; Tal qual os helicópteros usam camuflagem em sua couraças e de variadas cores e faixas, dependendo dos donos e dos países e finalidades, assim João entendeu à sua maneira, que as cores diferenciavam “os reis”, ou seja, os donos, que possuíam aqueles “cavalos estranhos”, pois para João, tudo o que o homem usava ou “montava” era cavalo, na sua época.
2º - na sua cabeça havia como que coroas parecendo de ouro: João não conhecia movimento circular uniforme e ele concluiu que se era gafanhoto, e tinha cabeça, que é a parte frontal do aparelho, parte de comando onde ficam os pilotos, o que parecia ser uma coroa em cima da cabeça, nada mais é são as pás das hélices girando com o aparelho em funcionamento e ele achou que era uma espécie de coroa real. As coroas pareciam de ouro, porque em Israel não dava muito valor à prata e como o metal da sua época que brilhava era o ouro, ele comparou o brilho do ouro com este brilho metálico diferente, branco, por isso diz, semelhante ao ouro e hoje sabemos, que são pás de Aço;
3º - e o seu rosto era como rosto de homem; Ele viu que dentro destas fuselagens estavam seres parecendo homens, ou seja, ele viu militares com roupas camufladas e máscaras e óculos e capacetes e por isso, dizia como rosto de homens, mas na verdade, eram homens.
4º-tinham também cabelos, como cabelos de mulher: João viu helicópteros estacionados e concluiu que o que estava acima das cabeças não eram coroas, e pensou tratar-se de cabelos compridos, comparando com o tamanho dos cabelos das mulheres de sua época, por exemplo, aquela que enxugou os pés de Cristo com seus cabelos compridos, mas na verdade, tratavam de compridas hélices paradas., um exemplo muito comum seriam os ventiladores de teto, que parados, pareceriam com 4 cabelos longos e girando a certa velocidade, se pareceriam com espécie de coroa circular
5º- os seus dentes como dentes de leão: As balas das metralhadoras de helicóptero ficam alojadas em longos pentes e são douradas, do mesmo tamanho, medindo aprox.15cm de comprimento por 3cm de diâmetro na base com uma ponta de 3 cm, parecendo para ele, os dentes de leões que os bárbaros da época, penduravam em pentes nos pescoços;
6º - tinham couraças, como couraças de ferro; O Helicóptero é feito sua estrutura de alumínio, e não de ferro;
7º- o barulho que as suas asas faziam era como o barulho de carros de muitos cavalos, quando correm à peleja; João comparou o barulho do motor do helicóptero, que é mais ou menos assim: chop. chop. chop. chop. chop. chop. chop, parecido com o barulho de uma carroça usada, por exemplo pelos egípcios em disparada, pocotó, pocotó, pocotó, pocotó, pocotó, pocotó;
8º- tinham ainda cauda, como escorpiões e ferrão; Antena frontal no helicóptero e calda vertical parecida com a calda de um escorpião;
9º- na cauda tinham poder para causar danos aos homens por cinco meses; Assim como a parte mais mortal do escorpião é a cauda, a parte mais perigosa do helicóptero é a sua hélice traseira;
10º- e tinham sobre eles, como seu rei, o anjo do abismo; João viu a potestade, anjo decaído que está preso em abismo, conforme preceitua a escritura, que se diz, que se fossem soltos os que simplesmente abandonaram os seus postos e desceram à terra, teriam poder para destruí-la e por isso foram trancafiados em abismos, aguardando até a hora do juízo de Deus, dominavam a mente e o corpo dos oficiais comandantes, os reis daquele lugar;
11º-que, cujo nome em hebráico é Abadom e em grego, apoliom. Usa - se o hebráico e o grego, para se mostrar que o acontecimento é mundial e envolve a todas as pessoas, escolhidas ou não, crentes ou não, servos ou não, hebráico, linguagem do povo hebreu ou grego, berço da idolatria. Abadom = Batalha; Apoliom = Final = Batalha Final, ou melhor, Guerras dos últimos dias., ou seja, estes aparelhos seriam usados nas guerras futuras; previsto há mais ou menos dois mil anos atrás, como em Naum, se descreve os carros como tochas de fogo em cruzamentos, que são os automóveis.
12º-O primeiro ai passou. Eis que, depois destas coisas, vêm ainda dois ais.: O Helicóptero surgiu em 1939 e foi inventado por Igor Sikorsky de nacionalidade Americana; A 1ª Grande Guerra Mundial ou o 1º Ai, ocorreu entre 1914 a 1918 e a 2ª Grande Guerra Mundial ou 2º Ai, entre 1940 a 1945, logo veremos que este terrível instrumento de guerra surgiu entre os dois ais que a Bíblia Registra e que haverá o 3º Ai que é a Guerra no Armagedon, onde as nações comandadas pelo Anticristo lutarão contra Israel na Grande Tribulação, após o arrebatamento da Igreja, depois de passados as 7 semanas de Daniel, nos 3 anos e meio de paz e 3 anos e meio de guerra quando Israel se convencerá que o Anticristo não é Jesus Cristo., logo, A QUINTA TROMBETA É A GUERRA.
Nota: Notemos que estas cinco trombetas descritas por João à 2.000 anos atrás estão tocando juntas juntamente com a sexta que descreveremos a seguir e, quando a sétima trombeta tocar também, o arraial dos Santos do Senhor Jesus florescerá com a glória da presença dele, pelo Santo Espírito e seremos arrebatados; Não é de se admirar que Deus tenha revelado estas coisas e Ele mesmo use nações ou coisas tão reais como agora, mas é assim que funciona; Deus utiliza de coisas que vemos e conhecemos para a efetivação de sua Obra., pois como a escritura diz: Em parte conhecemos o que nos está proposto e em parte, profetizamos, pois nosso Deus é o Senhor de todos os mistérios e só nele há a verdadeira sabedoria.
NOTA - Todos devem se questionar o porquê dos Estados Unidos terem matado Sadam Russen e acabaram com o seu poder no Iraque; Por que invadiu o Kuwait? Por que há petróleo naquela região em grande quantidade? Isto afeta Israel ou a igreja do Senhor Jesus, diretamente? Veremos mais abaixo que esta questão ainda não resolvida é nada mais, nada menos que a sexta trombeta do Apocalipse; A questão de haver muito petróleo lá, agora, é que neste local, próximo ao Rio Eufrates, antiga Mesopotâmia, conforme Gênesis Cap.2,vers. 10 e 14 “... E saía um rio do Éden para regar o jardim e dali se dividia, repartindo-se entre quatro braços.” e ” ... O nome do terceiro rio é Tigre e é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates ”, ‘fôra o Eden, rico em árvores e animais e hoje, é o Golfo pérsico, rico em petróleo. Favor, ler (JOEL CAP. 2 versículos 1 a 11.) A questão da briga entre judeus e muçulmanos ou árabes é que Deus prometeu a Abraão a terra e como ele teve Ismael, filho da serva Hagar, cujos filhos seriam fazedores de tendas e morariam no deserto e Isaque, detentor da promessa, teremos, respectivamente, árabes e judeus, disputando a mesma terra prometida, juntamente naquela região e Israel, povo disperso é agraciado com a nação, promessa de Deus e os palestinos são desalojados, gerando o conflito, pois Israel é ajudado por Americanos, justamente os judeus que fugiram da perseguição da inquisição, da Inglaterra e fundaram o continente americano, de maioria evangélica. Além disso, isto é o que está escrito que o deserto floresceria, e Israel fez florescer o deserto com sua plantação de frutas cítricas e além disso fôra promessa de Deus, que diz na escritura: ... poderia nascer uma nação em um só dia?
Sexta Trombeta - Capítulo 9 versículos 13 a 21 - O sexto anjo tocou a trombeta, e ouvi uma voz procedente dos quatro ângulos do altar de ouro que se encontra na presença de Deus, dizendo ao sexto anjo, o mesmo que tem a trombeta: solta os quatro anjos que se encontram atados junto ao grande rio Eufrates. Foram então, soltos os quatro anjos que se achavam preparados para a hora, dia, mês e ano para que matassem a terça parte dos homens. O número dos exércitos da Cavalaria era de vinte mil vezes dez milhares; eu ouvi o seu número. Assim, nesta visão contemplei os cavalos e os seus cavaleiros tinham couraças de fogo, de jacinto e enxofre. A cabeça dos cavalos era como cabeças de leões, e de sua boca saía fogo, fumaça e enxofre. Por meio destes três flagelos, a saber pelo fogo, pela fumaça e pelo enxofre que saíam da sua boca, foi morta a terça parte dos homens; pois a força dos cavalos estava na sua boca e na sua cauda, porquanto a sua cauda se parecia com serpentes e tinha cabeça e com ela causavam dano. Os outros homens, aqueles que não foram mortos por aqueles flagelos, não se arrependeram das obras de suas mãos, deixando de adorar os demônios e os ídolos de ouro, de prata, de cobre, de pedra e de pau, que não podem ver, nem ouvir, nem andar; nem ainda se arrependeram dos seus assassínios, nem de suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem de seus furtos.
1º - O sexto anjo tocou a trombeta, e ouvi uma voz procedente dos quatro ângulos do altar de ouro que se encontra na presença de Deus, dizendo ao sexto anjo, o mesmo que tem a trombeta: solta os quatro anjos que se encontram atados junto ao grande rio Eufrates: Trono de Ouro = Ordenança divina, pois trono = poder e ouro = pureza, logo trono de ouro = ordem de Deus., 4 ângulos, simbolizam as 4 direções dos pontos cardeais, ou seja, em toda a face da terra. João contemplou a ordem dada ao anjo para que soltasse 4 demônios de grande força, que seriam principados, que agiriam em 4 presidentes de quatro nações, junto ao Rio Eufrates.
2º - Foram então, soltos os quatro anjos que se achavam preparados para a hora, dia, mês e ano para que matassem a terça parte dos homens: Note-se que enquanto a letra é em escala de tempo crescente, pelo Espírito é decrescente, ou seja, Deus quis dizer que num ano tal, num mês tal, num dia tal a uma hora tal, o dia D, quatro demônios tomariam 4 presidentes em quatro países na região do golfo pérsico e haveria uma guerra, Kuwait, Iraque, Emirados Árabes, Arábia Saudita.
3º - O número dos exércitos da Cavalaria era de vinte mil vezes dez milhares; eu ouvi o seu número. Em outras versões bíblicas, o termo é milhões e João, tal qual o povo da época de Davi, que venceu milhares de milhares a mais que Saul, não saberia contar milhões e foi preciso o anjo dizer a ele, o total de pessoas, tanto é que ele diz, ouvi o número deles., Cavalaria = exército, conforme a definição já dada sobre o que é cavalo, na bíblia.
4º - Assim, nesta visão contemplei os cavalos e os seus cavaleiros tinham couraças de fogo, de jacinto e enxofre. A cabeça dos cavalos era como cabeças de leões, e de sua boca saía fogo, fumaça e enxofre.: João nada mais, nada menos, viu que soldados montados em tanques de guerra, que para ele, seriam cavalos diferentes e os soldados, seriam cavaleiros.
Note-se que João viu soldados com metralhadoras atirando e, como não vemos as balas, pois são muito velozes, a queima do estopim, produz fogo, fumaça e enxofre, que seria o resultado da pólvora queimada. A cabeça do cavalo era como cabeça de leão, porque ele comparou o tamanho do tanque em relação aos soldados ao tamanho do leão sobre as suas presas porque o leão era o animal mais feroz que João conhecia. Além disso, a juba leonina, seria a camuflagem que os soldados colocam na frente do tanque com sacos, paus, galhos, etc. O rugido do leão seria comparado com o barulho de motor a diesel do tanque; vejamos: Leão: Grauur, Grauur, Grauur, Grauur, Grauur, e o tanque: Vruuum, Vruum, Vruum, Vruum, Vruum,. Da boca do Canhão do tanque no lado da frente, saiam bombas, provocando fogo, fumaça e enxofre.
5º - Por meio destes três flagelos, a saber pelo fogo, pela fumaça e pelo enxofre que saíam da sua boca, foi morta a terça parte dos homens; Sabemos que na invasão do Kuwait, houve três grandes momentos: a) Aviões americanos e de outras nacionalidades lançando muitas bombas de fogo; b) Poços de Petróleo queimando, feito pelos iraquianos; c) Bombas químicas lançadas por Sadam Russein. Então, teremos as três pragas: Fogo da artilharia e aviação; Fumaça dos campos de petróleo queimando e enxofre, representando as armas químicas lançadas.
6º - pois a força dos cavalos estava na sua boca e na sua cauda, porquanto a sua cauda se parecia com serpentes e tinha cabeça e com ela causavam dano: Note-se que atualmente não existem apenas tanques ou blindados de guerra convencionais com motor atrás e canhão na frente, como na segunda guerra; Há caminhões dotados de sistemas de lança - mísseis com radar, que quando um avião passa, ele acompanha o avião, localiza o alvo e gira a base de mísseis para a mesma direção e estes, que parecem-se com serpentes, pois os mísseis parecem com cara de cobra afilados e têm cabeça, que é a ogiva ou ogiva - nuclear se for o caso. Nesse caso, na “cauda” do caminhão ou traseira, há as cabeças dos mísseis que causam dano., logo, tomando estes dois tipos de armamentos como base, o poder dos cavalos está na boca e na cauda.
7º - Os outros homens, aqueles que não foram mortos por aqueles flagelos, não se arrependeram das obras de suas mãos, deixando de adorar os demônios e os ídolos de ouro, de prata, de cobre, de pedra e de pau, que não podem ver, nem ouvir, nem andar; nem ainda se arrependeram dos seus assassínios, nem de suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem de seus furtos. Logo, A SEXTA TROMBETA É O DESENTENDIMENTO ENTRE AS NAÇÕES.
No Capítulo 10 de Apocalipse, temos que o arco-íris é a promessa de Deus que não vai mais inundar o mundo com água, a qual o povo teme que o efeito estufa venha a descongelar os pólos, mas Deus traçou seus limites. Deus Jesus é o nosso Sol da Justiça e nós, as pernas dele, tanto no oriente como no ocidente, como Igreja corpo de Cristo, espalhada no mundo todo, como colunas de fogo, pois na Bíblia está escrito que Ele faz de seus ministros como colunas de fogo, representa o avivamento da Igreja nos últimos dias. O livro aberto é a Palavra Aberta e se cumprindo na impressão de Bíblias em todo o mundo nos mais diversos tipos de idiomas e o pé direito sobre o mar e sobre a terra é o cumprimento de que há o trigo firmado na rocha e o joio no mar do mundo, mas dentro da Igreja e suas denominações que é diferente da Noiva do Cordeiro.
Sétima Trombeta – Vinda do Senhor, Capítulo 10 versículos 5 a 11. - Então o anjo que vi em pé sobre o mar e sobre a terra levantou a mão direita para o céu e jurou por aquele que vive pelos séculos dos séculos, o mesmo que criou o céu, a terra, o mar e tudo o que neles existe; Já não haverá demora, mas no dia da voz do sétimo anjo, quando ele estiver para tocar a trombeta, cumprir-se-á então o mistério de Deus, segundo Ele anunciou aos seus servos os profetas. A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo, falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra. Fui pois ao anjo que me desse o livro; Ele então me falou: Toma-o e devora-o; certamente ele será amargo no teu estômago, mas na tua boca, doce como o mel. Tomei o livro da mão do anjo e o devorei, e na minha boca era doce como o mel; quando porém o comi, o meu estômago ficou amargo. Então me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito e muitos povos, nações, línguas e reis.
Creio que não é necessário descrever a primeira parte pois é muito clara mas, sobre a segunda parte diz-se: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra., essa é a Palavra de Deus, a Bíblia., Fui pois ao anjo que me desse o livro; Ele então me falou: Toma-o e devora-o; certamente ele será amargo no teu estômago, mas na tua boca, doce como o mel porque a Bíblia é doce para se pregar mas é amarga para se viver, pelos preços, lutas, tribulações e provações. Tomei o livro da mão do anjo e o devorei, e na minha boca era doce como o mel; quando porém o comi, o meu estômago ficou amargo. Então me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito e muitos povos, nações, línguas e reis., que é a propagação do evangelho.
ALIANÇA (6ª DISPENSAÇÃO-DA GRAÇA/ECLESIÁSTICA)-NOVA ALIANÇA:(3a. Parte)-ESCATOLOGIA: Posição Pré-milenista
1- Significado: A 2ª vinda de Cristo acontecerá antes do Milênio.(Ap.3:10; Rm.5:9; ITs.1:10;5:9; apesar de At.14:22).
2- Ordem dos acontecimentos: A Era da Igreja termina e começa o tempo da Tribulação, Cristo volta à Terra, estabelece e dirige seu reino por 1.000 anos, ocorrem a ressurreição e o juízo dos não-salvos, e depois vem a eternidade.
3- Método de interpretação: Interpretação normal, literal, histórico-gramatical. Apoc.20 é entendido literalmente.
4- A questão do arrebatamento pré-tribulacional: O arrebatamento da Igreja (a vinda do Senhor nos ares para os Seus santos) ocorrerá antes do começo do período de 07 anos da tribulação; a Igreja não passará pela Tribulação.
Provas citadas:-A promessa de ser guardada (fora) da hora da provação. (Ap 3.10)-A remoção do aspecto de habitação no ministério do Espírito Santo exige necessariamente a remoção dos crentes. (2Ts 2); -A tribulação é um período de derramamento da ira de Deus, da qual a Igreja já está isenta. (Ap 6.17, cf. 1Ts 1.10;5.9)-O arrebatamento só pode ser iminente se for pré-tribulacional. (1Ts 5.6; Hb.9.28, que exigem vigilância e preparo).
5-A Descrição do Arrebatamento:  Os textos: 1Ts 4.13-18; 1Co 15.51-57; Jo 14.1-3; Os acontecimentos: -Descida de Cristo.-A Ressurreição dos mortos em Cristo.-A Transformação de corpos mortais para imortais dos crentes vivos na ocasião.-O encontro com Cristo nos ares para a subida ao céu.
PROPÓSITOS DO ARREBATAMENTO: a)Para a Igreja:(salvos pelo seu Sangue ) o Senhor Jesus nesta fase não descerá à terra mas, esta primeira fase será para ressuscitar os crentes mortos, e transformar os fiéis que estão vivos neste momento, é uma constante esperança dos que aguardam a Sua vinda em Glória. ( I Co 15:51-52 , Fp 3:20 , I Ts 1:10 ,4:13-17 , Tt 2:13 ); b)Para Israel: Nação (atual e Palestina ) à terra será para um cumprimento de antigas profecias ainda não cumpridas em seu determinado tempo para o reajuntamento da nação, sua conversão ao Messias, e o estabelecimento da Aliança de Deus com o rei Davi ( II Sm 7.16 ), em clima de paz e poder.(At.15:14-17).O grande Rei e Senhor, coloca seus pés na face da terra para tratar com todos os homens pessoalmente, e vencer o ainda reinante poder trevas ( Zc 14:1-9 ). c)Para as nações: Gentios (que não são da linhagem judaica )  o Senhor tratará com todos os povos gentios, segundo o que durante todas as épocas trataram Israel Nação, num juízo e de irredutível poder separando as boas nações e as más nações como está claro em ( Mt 25:31-46 ). Nesta fase será destruído o sistema político da terra, onde teria até então sido dominado pela besta cujo domínio será de três anos e meio.(Dn.2.34-35).
OUTROS SINAIS VISÍVEIS DA VINDA DE JESUS: Além dos de (Mt.24:1-14):
• Religiosos (Falsos cristos e profetas perseguem os cristãos(Filadélfia-Amor fraternal por Laodicéia-Morta);
• Políticos (Guerras e Rumores de Guerras com renascimento dos impérios romanos ocidental e oriental);
• Sociais (Fome e traições); • Físicos (Terremotos, pestes e Maremotos);
• Proféticos: (Renascimento de Israel, (1948); Conquista de Jerusalém (1967-Guerra dos Seis Dias); Reconstrução do Muro (“Da vergonha?”-Em andamento); Reconstrução do Templo (Brevemente);
• Filosóficos: Filosofias horríveis começadas que determinariam o mundo para cima até hoje:
·O comunismo - negação Política de Deus desenvolvido por Marx de Karl e Engels;·A evolução - negação Científica de Deus desenvolvido por Darwin de Charles; ·O ateísmo - Moral e negação Espiritual de Deus; prosperaram com a aceitação de evolução e comunismo; ·O Secularismo - negação Social de Deus prosperou com a influência da imprensa e estas filosofias que controlam as universidades e o poderoso; ·Filosofias religiosas - Muitas filosofias religiosas baseadas neste interrogar de Deus dominariam escolas religiosas e pensar religioso de modo que a Bíblia é tratada como livro de símbolos e idéias que não são baseadas em fato e pode ser mudado assentar a evolução de idéias humanas.
DO INSTANTE DO ARREBATAMENTO DA IGREJA, O QUE ESTARÁ OCORRENDO NO CÉU: Logo após o arrebatamento dar-se-á no céu, na presença do Senhor o tribunal de Cristo, onde somente os salvos serão julgados por suas obras, com base na parábola dos talentos ( Mt 25.14-19 )Aspectos que serão julgados:
 1)Do trabalho feito p/Deus -(1 Co 3:8,14,15;2 Co 9:6 )Será avaliado a qualidade do trabalho feito p/Jesus (Mt 20:1-16)
 2)Da conduta do cristão ( 1 Co 5:10);
 3)Do tratamento dado aos irmãos de fé ( Rm 14:10, Tg 5.4 ) De modo sintetizado, todo crente receberá da parte do Senhor uma benção de louvor ( I Co 4:5 ).
 AS BODAS DO CORDEIRO: (Ap 19:1-9; Ap 21:1-8; Ap 19:7-9). Após o tribunal de Cristo para os fiéis salvos haverá então o grande e esperado momento, por crentes no Senhor de todas as épocas, de todas as culturas, nações e povos pois trata-se das Bodas do Cordeiro, momento este de maior triunfo da Igreja do Senhor Jesus, igreja esta que fazemos menção clara e objetiva, não uma igreja de placa denominacional, mas àqueles que aceitaram a morte do Senhor Jesus na cruz do Calvário, por toda a humanidade. ( Lc 22:30; Ap 19:7 ). Este momento triunfal terá então o cumprimento da oração sacerdotal do Senhor,quando ainda na terra: (Jo 17:24 )Naquele momento triunfal, assentarão todos os crentes fiéis, desde o Antigo e do Novo Testamento, de todas as épocas diante do Eterno Cordeiro (Ap 19:7-9).
ALIANÇA (6ª DISPENSAÇÃO-DA GRAÇA/ECLESIÁSTICA)-NOVA ALIANÇA:(4a. Parte) - ESCATOLOGIA PRÉ-MILENISTA:
Observamos a distinção do resultado dos que serviram a Deus e  dos que foram falhos s/amor:(2 Cr.12:8; Ml.3:18).
1) NAS BODAS DO CORDEIRO: O JUÍZO FUTURO:  O Julgamento das Obras dos Crentes: Tempo: Depois do arrebatamento da Igreja.Lugar: No céu.Juiz: Cristo.Participantes: Todos os membros do Corpo de Cristo.Base: Obras posteriores à salvação. Resultado: Galardões ou perda de galardões.Textos: (1Co 3.11-15; 2Co 15.10).
2) RESUMO DE APOCALIPSE: Retrata ao mesmo tempo, ocorrências espirituais e materiais, mostradas por Jesus:
O APOCALIPSE ESTÁ DIVIDIDO EM SETE QUADROS DEFINIDOS NO CALENDÁRIO PROFÉTICO DE DEUS:
1º QUADRO:(Apocalipse 1)-Jesus Cristo é apresentado como Redentor do mundo e se descrevem suas qualificações como Profeta, Juiz, Sacerdote e Rei.
2º QUADRO: (Apocalipse 2 a 3)-As igrejas são descritas como agentes de Deus na redenção, descrevendo do Pentecostes ao Arrebatamento (Quadro de evolução do Tempo Terreno até o fim da dispensação da graça.
3º QUADRO: (Capítulo 4 a 11)-Descreve o Céu, onde os santos se organizam para ministrar os juizos de Deus contido no livro dos sete selos. De Ap.1 a 4:  Deus se revelou a João e nas mensagens às 7 igrejas, representa os 2.000 anos até hoje na história da Igreja e não simplesmente as características das sete igrejas da Àsia, já  mostradas.
De Ap.4 a 5: se explica o que ocorreu no céu quando Jesus venceu após sua ascensão e abriu o livro do juízo de Deus (Consumado-Ap.5:5-6)-Note-se que em (Ap.5:9-10). Jesus levou cativo o cativeiro e ressuscitou na Era da Graça.
De Ap. 6 a 11: Se fala dos acontecimentos na terra até o arrebatamento da Igreja (Como a 7ª trombeta fala da paurosia se a 1ª tocada só após a abertura do 7º selo? Então os selos se abriram e as 6 trombetas tocaram até a 7ª (Arrebatamento).
OBSERVAÇÃO 1: Estamos vivendo época no final do capítulo 10: Em Ap.10, o mistério de Deus (Arrebatamento-Ap.10:7 e 1 Co.15:51-58) ocorre em meio a um avivamento da Igreja (Ap.10:8-11).
OBSERVAÇÃO 2: Ap.11:1-10-Se cumprirá nos 7 anos após o arrebatamento: Ficam alguns crentes que converterão 144.000 judeus com a ajuda do Espírito Santo, que ficará com eles na terra pois é onipresente e se o Espírito Santo saísse da terra, todos morreriam (Jó.34:14-15).
4º QUADRO: (Apocalipse 12 a 16)-Descreve a terra, onde santos da tribulação são perseguidos pelo anticristo, antes da preparação para o Armagedom. (Após o arrebatamento até a vinda do Senhor Jesus).
OBSERVAÇÃO 3: Ap. 12 a18 se cumprirá no período de 7 anos após o arrebatamento (7 Semanas de Daniel):
Antes do 2º período de (3 anos e meio), quando tiverem concluído a pregação da Graça, haverá massacre em Jerusalém e matarão os judeus e gentios cristãos que ficarão enterrados por (3 anos e meio), os 3 dias e meio (vers.11), quando serão ressuscitados e se juntarão ao Senhor Jesus na sua 2a. vinda para a Batalha do Armagedom na 3a. Guerra Mundial,que é quando toca a sétima trombeta, que é a vinda visível de Jesus com seus anjos. Note-se que mesmo as testemunhas mortas e enterradas, suas almas participarão das Bodas (Ap.7:14; Ap.19:7-9).
DE Ap.12 e 13: Fala da guerra do Armagedom, descrevendo a Besta, o falso Profeta e a Batalha do Armagedom.
Ap.14: Explica-se sobre os 144.000 já recebidos no céu, festejando as Bodas, juntos com outros santos e na terra pela colheita e o mal para os que aceitaram a marca da Besta;
OS TRÊS ANJOS (MENSAGEIROS)- Descritos em Ap.14:6, 14:8 e14:9:
O primeiro anjo desce e anuncia à terra para adorarem a Deus, pois os habitantes da terra estão vivendo em um mundo criado por Deus, que acima deles estende-se um céu onde Deus habita e que o Senhor está prestes a enviar terríveis pragas (taças) sobre aqueles que se corromperam na terra.
O segundo anjo anuncia a queda da babilônia.
O terceiro mensageiro adverte o povo a respeito da besta o qual devem perseverar p/ que não usem o sinal (verichip) nem a marca 666 (Código de barra) em si mesmos.
AP. 15 a 16: Mostra o começo do derramar da Ira de Deus nos 3 anos e meio em que a besta governa, pelo derramar das taças da Ira de Deus.
5º QUADRO:(Ap.17 e 18)-Descreve a “igreja” de satanás, sua prosperidade , destruindo o que não pode ser convertido a ele, após o arrebatamento à volta do Senhor Jesus.
 AP.17-18: Mostra a descrição e a queda das duas babilônias (Religiosa e Comercial), alertando os judeus a romperem relações com ela (Ap.18:4).
6º QUADRO: (Ap.19 e 20)-Descreve o REINO DE JESUS, onde satanás é amarrado, com instalação do reino de Cristo  e de seus santos.
OBSERVAÇÃO 4: Ap.19 se cumprirá após os sete anos da tribulação, com a vinda de Jesus no Armagedom.
OBSERVAÇÃO 5: Ap. 20 Começara com a Vinda de Jesus e demorará 1.000 anos para se cumprir.
AP.19: Retoma ao assunto de Ap. 11:15-19, explicando-se no espiritual a vitória de Jesus e detalhando a Guerra do Armagedom.
 AP.20: Descreve Início do Milênio, com ressurreição dos 144.000 judeus e finaliza com o fim do Milênio, quando satanás e os pecadores serão julgados.
7º QUADRO: (Ap.21 e 22)-A CIDADE SANTA-Lar Eterno dos Imortais e Capital do Universo. AP.21: Descreve a descida da Nova Jerusalém e termina com palavras de conforto, perseverança e bênção divina.
OBSERVAÇÃO 6: Ap. 21 a 22 (versos 5), somente ocorrerá após 1.000 anos, após o julgamento do Trono Branco.
OBSERVAÇÃO 7: Ap.22:6-21, está valendo desde quando o Apocalipse foi escrito em 90 Ano Domini.
Deus é eterno;sua palavra não teme ação do Tempo.
3) ACONTECIMENTOS NA TERRA APÓS O DESAPARECIMENTO DA IGREJA: Apostasia e indiferentismo espiritual, anarquia, aumento desenfreado e jamais visto das obras de feitiçaria e espiritismo, preparando a terra para um futuro reino dominado por homem.(2 Ts 2:3,Lc 18:18;Lc 17:26-30). Como Jesus é homem e Deus, a Palavra é revelação e história:
DUAS TESTEMUNHAS (DE JESUS)-Compreendendo os novos crentes judeus (convertidos nos primeiros 3 anos e meio-Is.43:10; Is.44:8; Is.10:22; Sf.3:13); Crentes gentios que ficaram na tribulação e se arrependeram (Rm.11:5;Lc.24:48; At.2:32; At.5:32; At.10:39).
Após o arrebatamento, procurarão o lugar certo do Templo de Salomão e muitos gentios escavarão Israel próximo ao átrio externo (muro das Lamentações) dentro do período de 42 meses (3 anos e meio), sem enfrentar oposição dura.
Haverá falsa paz (1 Ts.5:3). Profetizarão por 1.260 dias (3 anos e meio), com fogo da Palavra do Espírito Santo, autoridade para fechar o céu pela oração, combatendo os demônios, com dons de maravilha e mostrando a água viva do Espírito pelo sangue de Jesus que foi derramado na Cruz.
DIFERENCIE AS PASSAGENS SOBRE OS 144 MIL: Vimos salvos no céu (Cap.7:1-8), vimos mortos (Capítulo 11:7-10);  vimos ressuscitados (Ap.11:11-12);  vimos já no céu, louvando a Deus (Ap.14:1-5);  vimos vitoriosos (Ap.15:1-8).
Após o arrebatamento, o anticristo aniquilaria imediatamente se pudesse fazê-lo. Mas restará ainda um remanescente de Israel e uma grande multidão de gentios (Ap.7), procedentes de todas as nações, línguas, tribos e povos.
Quando satanás descobrir que perdeu o controle sobre os verdadeiros crentes que foram arrebatados, descarregará sua ira contra a parte da Igreja que for deixada para trás, mesmo com a proteção do Espírito Santo.
INICIA-SE O PERÍODO DA GRANDE TRIBULAÇÃO: (intermediária entre o final da graça e a instalação do milênio):
A GRANDE TRIBULAÇÃO:Imediatamente após o arrebatamento da igreja inicia-se um período de tempo, na terra, que a Bíblia chama de tribulação.(Berço dos imaturos e auto-confiantes) que exaltaram o Ego e não confiaram em Deus:
A- Sua Duração: É a 70ª semana de Daniel e, portanto, durará sete anos (Dn 9.27).  (
O PERÍODO DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 2):ESCATOLOGIA PRÉ-MILENISTA (Dn.9:24-27):
A metade desse período é apresentada pelas expressões “42 meses” e “1.260 dias” (Jr.30:4-9;Ez.20:33-44;Ez.22:17-22;Ml.3:1-3;Ap 11.2,3);
 B- Sua Distinção: (Mt 24.21; Ap 6.15-17);
 C- Sua Descrição: Julgamento sobre o mundo. As três séries de juizos descrevem esse julgamento (selos, Ap 6; trombeta, Ap 8-9; taças, Ap 16);-Perseguição contra Israel. (Mt 24.9,22; Ap 12.17);-Salvação de multidões (ap 7).-Ascensão e domínio do anticristo (2Ts 2; Ap 13).
 D- Seu Desfecho: A tribulação terminará com a reunião das nações para a batalha de Armagedom e com o retorno de Cristo à terra (Ap 19).
E) O Período da Tribulação:Segundo as Escrituras o período da tribulação é de sete anos, um período que será abreviado por causa dos eleitos (Mt.24:22). F) Identificado com a 70 semana: A tribulação é também chamada de septuagésima semana de Daniel. Deus revelou a Daniel que 70 semanas de anos (Ez.4:5,6; Gn.29:27; Lv.25:8; Dn.9:2,24) estavam determinada sobre Israel. Estas 70 semanas iniciaram-se com a volta de Neemias e com a reconstrução dos muros e da cidade de Jerusalém (Dn.9:25; Ne.2:1-8). O sacrifício de Cristo na cruz ocorreu depois da 69 semana (Dn.9:25),  como a destruição de Jerusalém em 70 d.C. A última semana, ou seja a septuagésima, mencionada em Dn.9:27, ainda não se cumpriu, demonstrando que há uma quebra na sucessão das semanas, por um período de tempo indeterminado, entre a 69 e a 70 semana, período este reservado para os gentios (Lc.21:24). OBSERVAÇÃO: O Sermão Profético de Jesus (O REINO) engloba Daniel (As nações) e Apocalipse (As igrejas):
PORQUE SETENTA SEMANAS: 70 vezes sete anos que corresponde a 490 anos sacros de 360 dias de cada ano.
Período que inicia com decreto de Artaxerxes Rei da Pérsia p/reconstruir Jerusalém em 4 de março de 445 a.C.
Na profecia os 490 anos seriam divididos em três períodos:
• Sete “setes” ou 49 anos sacros (Dn.9:25; Neemias 2:1-6;19)-Reis Ciro, Xerxes, Artaxerxes, restauração de Jerusalém no tempo de Neemias 49 anos depois do cativeiro babilônico;
• Sessenta e Dois “setes” ou 434 anos sacros (Teve início após os primeiros 49 anos e continuou até o tempo de Jesus ser morto (Dn.o:26)-tirado=morto/crucificado dia 10 de Nisan do ano 30 (06/abril).
• Restam 7 anos sacros (Rm.11:17), onde Israel tomará posse de sua terra e o pacto com o anticristo (Ap.6:1 a 19:21).Da 69 e 70 semana é o da Igreja;a 70 semana iniciará com o arrebatamento até a vinda de Jesus, após 7 anos.
COMPARE AS SEMELHANÇAS ESCATOLÓGICAS ENTRE O LIVRO DE DANIEL E O LIVRO DE APOCALIPSE:
• O Decreto exclusivo de adoração somente ao Rei por 30 dias (Dn.6:7) e a marca da besta (Ap.13:16-18);
• Daniel foi perseguido pois escolheu obedecer a Deus (Dn.6:5) e o remanescente da igreja será perseguido (Ap.12:17).
• O rei de Pérsia fez uma lei que comandou adoração falsa.(Dn. 6:6-9) e o poder da besta dirigirá o mundo (Ap.13:15).
• Na lei persa,o povo adorou um homem-Darius o Mede.(Dn. 6:7) e a marca da Besta traz o homem de nº 666. (Ap.13:18).
• A penalidade em Daniel 6 envolveu o decreto de morte. (Dn. 6:7) e a penalidade na marca da Besta mata (Ap.13:15).
• Daniel foi poupado pela intervenção de Deus. (Dn.6:19-23) e os cristãos são arrebatados pela vinda de Cristo. (Ap.19:11). • Os perseguidores do Daniel foram jogados aos leões. (Dn.6:24) e adoradores da Besta recebem sete pragas.(Ap.18:4).
RAZÕES PORQUE A IGREJA NÃO PASSARÁ PELA TRIBULAÇÃO:
a)Israel é quem se identifica com ela(Jr.30:4-9;Dn.12:1; Mt.24:15-21). b)após o rapto da igreja (Ap.4:1), vem a tribulação (Ap.9 e Ap.19); c) 24 anciões assentados representam  igreja arrebatada no céu (Ap.4); d) Igreja volta, pois subiu antes da tribulação, com Cristo (Ap.19:8); e) Promessa à Tiatira (estrela da manhã  antes do sol da tribulação (Ap.2:28; Ap.22:16; Ml.4:1-2); f)Promessa a Filadélfia (Ap.3:10); g) Igreja está salva desse período de ira divina (Ap.15:1; Jo.5:24;1 Ts.5:9; Rm.5:9; 1 Ts.1:10);h)Período da Igreja é entre 69ª e 70ª semana Dn.9:25-27)-morte do Ungido (Jesus);i)Ensino de Jesus em (Lc.21:25-36, conf.Rm.8:22-23); j) ensino de Paulo (1 Ts.1:10;1 Ts.5:9).
SEIS EVENTOS IMPORTANTES OCORRERÃO NA GRANDE TRIBULAÇÃO:
• Fazer cessar a transgressão;nação nascerá de novo (Dn.9:24;Rm.11:25-29; Is.66:7-10; Ez.36:24-30);
• Dar fim aos pecados de Israel (Dn.9:24; Ez.36:24-30;Ez.37:24-27;Ez.43:7; Zc.14:1-21);
• Expiar a iniquidade na vinda do Messias (Dn.9:24; Zc.13:1-7; Rm.11:25-27);
• Trazer a justiça eterna (Dn.9:24; Is.9:6-7; Is.12:1-6; Dn.7:13,14,18,27; Mt.25:31-46; Rm.11:25-27);
• Selar a visão e a profecia (Jr.31:34; Is.11:9);
• Ungir o santos dos santos-purificação do lugar santíssimo do templo dos judeus(Ez.40-43;Zc.6:12-13); 
Período dividido em dois Períodos:Esta última semana divide-se em dois períodos de três anos e meio cada um.
a) Anos: A expressão “um tempo, tempos e metade de um tempo” (Dn.7:25;12:7; Ap.12:14) se refere a “um ano, dois anos e metade de um ano”, o que equivale a “três anos e meio”. b) Meses: Período de 03 anos e meio,igual  período de “quarenta e dois meses” mencionado na Bíblia (Ap.11:2;13:5).  c) Dias: O mesmo período também identificado na Bíblia por dias: “1.260 dias” (Ap.11:3;12:6; Dn.12:11,12).
A 1ª Metade da Tribulação: Características: a) Aliança de Israel com o Anticristo (Dn.9:27; Jo.5:43; Is.28:14-18).
b) As duas testemunhas (Remanescentes de Israel e da Igreja)-Judeus não messiânicos-Israel e Crentes que ficaram e se converteram(AT:Nm.35:30; Dt.17:6; Dt.19:15; Js.24:22; Is.43:9; Is.43:10-12; Is.43:44:8;NT: Mt.18:16; Lc.24:48; At.1:8; At.26:16; 2 Co.13:1; Hb.10:28-29;Ap.11;3).
Conforme Ap.11:1-14, que corresponde à primeira metade da tribulação, os judeus que se converterem a Cristo pela pregação dos cristãos arrependidos que ficaram, mas se arrependeram, serão as duas testemunhas de Jesus:
Crentes gentios arrependidos e judeus alcançados prepararão espiritualmente o povo p/entrada de Jesus em Jerusalém e convencerão 1444.000 judeus de que o Anticristo não é o Messias. • Jerusalém? (2 Cr.6:6); • 2 oliveiras? (Mt.21:1 e Zc.4:11-14; Mt.18:16; Nm.35:30; Dt.4:26). c)Novo Templo: (1Rs.6;2 Cr.6-7; Ez.11:23; 2 Cr.36:11-23; Ed.6:13-18; Ag.2:9;).
PROFECIAS DA RECONSTRUÇÃO: Daniel (Dn.9:27); Jesus (Mt.24:15); Paulo (2 Ts.2:3-9).O povo judáico sempre valorizou o templo como lugar de adoração a Deus, pois o Senhor habitava e Israel oferecia seu culto a Deus.
A glória de Deus entrou no templo (2 Cr.5:13-14); A glória de Deus deixou o templo (Ez.11:23;Jr.7:1-16) e posta em assolação por 70 anos (Dn.9:2) porque foi transformado por reis infiéis em centros ecumênicos (1 Rs.11:1-13).
Israel conquistou a cidade velha de Jerusalém onde estava o Templo em 1967 e será o templo da grande tribulação, mas não será reconstruído pelo anticristo, e sim, pelos judeus, pois o Templo é chamado de Templo de Deus (Dn.8:11,14; Mt.24:15; 2 Ts.2:4; Ap.11:1) e somente os judeus serão autorizados por Deus a reconstruírem o lugar sagrado.
Já existem planos para a reconstrução, mas somente quando Jerusalém for capital de Israel, pois hoje é Tel-Aviv.
CRONOLOGIA DA RECONSTRUÇÃO DO TEMPLO: O templo, modelo do Tabernáculo, foi construido nas planícies de Moabe, 1405 a.C.conforme (Dt.12:4; 11,14), reformado por Asa (1 Rs.14:9); Josias (2 Rs.22); destruido e reconstruído (2 Cr.36:19-23), profanado por Epifânio (168 a.C.), reconsagrado por Judas o Macabeu (165 a.C.), reformado por Herodes (20-19 a.C.), destruido pelo gen.Tito em 70 d.C. e aguardado sua reconstrução até hoje. Vejamos suas fases históricas:
966 a.C.:Salomão recebeu  planta de Davi e construiu na eira de Araú,a no Monte Moriá (2 Cr.3:1)-Atual Jerusalém;
• 536-515 a.C.: Zorobabel inicia em 536 a.C. e conclui em 515 a.C.
• 20-19 a.C.: Herodes treinou sacerdotes p/templo não fosse contaminado por pedreiros;durou 46 anos (Jo.2:20).
70 A.D.: Tito destrói e incendiado em 29 de agosto, conforme Jesus profetizou (Mt.24:2; Mc.13:1).
• 1260 dias: Edificado sobre o monte na parte central do território sagrado (Ez.40:2; Ez.48:8-22). O anticristo firma aliança com Israel: O Templo é reconstruído e na metade da semana faz cessar os sacrifícios e profana o Templo.
• Milênio: Após o Armagedom, o templo profético cumprirá todas as expectativas judáicas nunca vistas antes.

O PERÍODO DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 3):ESCATOLOGIA PRÉ-MILENISTA (Dn.9:24-27):
A 2ª Metade da Tribulação:Características: Chamada de grande tribulação ou angústia de Jacó (Mt.24:21; Jr.30:7; Dn.12:1). a) Perseguição aos judeus (Ap.11:2;12:6,14).b) Perseguição aos convertidos (Ap.7:13,14).c) A besta política, o Anticristo (Ap.13:1-10).d) A besta religiosa, o Falso Profeta (Ap.13:11-18);e) Os 144.000 judeus (Ap.7:4-8;14:1-5); f) Abominação desoladora (Dn.9:27;12:11; Mt.24:15; Ap.13:14,15; IITs.2:9).
CARACTERÍSTICAS DO ANTICRISTO: O Anticristo é o personagem adversário do Messias, que se levanta contra Deus (Jo.5:43; 2 Ts.2:4), príncipe(Dn.9:26) que vem em seu próprio nome (Jo.5:43), que se assentará no templo de Deus (2 Ts.2:4) e é o homem do pecado (2 Ts.2:3).
O criador da Nova Era, religião (Ap.13:11-18) que estabelece uma economia centralizada (Ap.13:17-18), querendo destruir a religião divina (2 Ts.2:4)e enganar Israel (Dn.9:27; Ap.12:12-17).
Multiplicará a iniquidade no Mundo (2 Ts.2:3), querendo destruir os que hão de se converter durante a Grande Tribulação (Ap.7:9-17), substituindo Deus pelo diabo-Antropocentrismo-(Sl.10:4; Ez.28:2).
Criará um falso messias para Israel(Dn.9:27), concretizando a obra maligna (2 Ts.2:8; Ap.19:19-20); alguém  personificado qual o próprio Lúcifer.(Dn 11.3;1Jo,2:18-22;1Jo.4:3; 2 Jo.1:7; 2 Ts.2:3).
Porque toda a humanidade crerá tão facilmente no Anticristo :Quando um ser humano recusa as verdades da Bíblia, facilmente aceita as coisas do mundo e da esfera espiritual das trevas, quando o homem recusa a salvação em Cristo Jesus, imediatamente estará aceitando a mentira do diabo, e de seus mensageiros.(2 Ts 2:9-12 ).
VEJAMOS ALGUMAS FIGURAS DO ANTICRISTO NO ANTIGO TESTAMENTO:
a) Caim  (Gên.4:5); b) Faraó (Êx.1:22); c) Corá (Nm.16:1-3); d) Saul (1Sm.13:9-13); e) Jezabel (1  Rs.18:13); f)Nabucodonozor (Dn.3:1-7);
PERÍODO DE APOSTASIA ESPIRITUAL:Idolatria, materialismo, profetismo, imoralidade,liberalismo teológico, formalismo esfriando o amor cristão, misticismo herético com culto aos anjos(Cl.2:18); Falsas profecias (Mt.24:11); Sinais demoníacos (Mt.24:24); Doutrinas de demônios (1 Tm.4:1; 1 Jo.4:1)teologia da prosperidade (Jr.8:5; 2 Ts.2:3; 1 Tm.4:1; Jd.4; 2 Tm.4:3; 1 Tm.1:9-10; 1 Tm.4:1-5; 2 Tm.3:1-9); Apostasia -Abandono premeditado e completo da fé; Heresia:renúncia parcial da mesma fé.
COMPARE AS DIFERENÇAS ENTRE O SENHORIO DE JESUS CRISTO E O GOVERNO DO ANTICRISTO (1 Jo.2:18):
Muitos anticristos têm surgido, quase 1.200 “profetas do apocalipse” de seitas apocalípticas, pelo que conhecemos que é a última hora.”Os anticristos estão por toda a parte. Nós não vemos nem compreendemos que eles representam a fibra de Satanás em nossa sociedade. Eles aparecem na televisão, ocupam cargos no governo, ensinam em nossas escolas e até ocupam nossos púlpitos nas igrejas. Satanás pode disfarçar-se de anjo de luz, as pessoas vêem essa luz e pensam que ela é boa; pois a luz é boa. Precisamos examinar as escrituras para encontrar as similaridades e diferenças entre Cristo e o Anticristo. Quando conhecermos e compreendermos essas similaridades e diferenças, poderemos prontamente reconhecer o Senhor Jesus Cristo e todos os anticristos.
  1) O mandamento de Cristo é o amor(Jo.113:34) e o mandamento do anticristo é o pecado (2 Ts.2:3);
  2) O Deus de Jesus Cristo é o Pai Celestial (Mt.23:9) e o falso deus do anticristo é satanás (2 Co.4:3-4);
  3) Jesus recebeu autoridade do Pai (Ap.2:28) e a besta recebeu autoridade do dragão (Ap.13:2-4);
  4) Jesus assentou-se no trono com o Pai (Ap.3:21) e o dragão dá o seu trono à besta (Ap.13:2);
  5) Jesus Cristo é adorado pelo Universo (Ap.5:13-14) e a besta é adorada pelos moradores da terra (Ap.13:4);
  6) Jesus, o Cordeiro tem 7 chifres(simbolizando 7 virtudes-Is.9:6; Ap.5:6) e a besta tem 10 chifres (Ap.13:1);
  7) Jesus estava morto mas ressuscitou (Ap.1:18) e a besta ferida de morte foi curada (Ap.13:14);
  8) Jesus Cristo é (Hb.7:25), era (Jo.8:58) e há de vir (Ap.1:7) e a besta não era, não é, mas há de ser (Ap.17:8);
  9) Jesus Cristo nos tornará Reis (Ap.1:6) e a besta é apoiada pelos reis da terra (Ap.17:12);
10) Jesus Cristo possui um remanescente (Ap.12:17) e a besta tem um remanescente (Ap.19:21);
11) Jesus Cristo tem um profeta verdadeiro (Ap.1:1) e a besta tem um falso profeta (Ap.19:20);
12) Jesus guerreia contra o diabo (Ap.12:7;Ap.19:11-16) e o dragão e a besta guerreiam contra Deus (Ap.12:17;Ap.19:19);
13) Jesus é a imagem do Deus verdadeiro (2 Co.4:3b) e a imagem da besta é virtual (Ap.13:1-3; Ap.13:15).
14) O pacto de Jesus marca na mão e na testa (Dt.6:6-8) e a besta usa marca na fronte e na mão 15)Ap.13:16).
15) A trindade divina (Mt.28:19;Ap.1:4) e a tríade maligna (dragão, besta e falso profeta) (Ap.12:13; Ap.16:13);
16) A cidade de Deus é a Jerusalém Celestial (Ap.21:2) e a cidade do dragão é a Babilônia (Ap.14:8).
17) As pessoas de Deus são representadas por mulher pura (Ap.12:1) e os seguidores do diabo como meretriz (Ap.17:1);
18) Deus se ira contra seus inimigos (Ap.11:18; 19:15) e o dragão se ira contra a igreja (Ap.12:12);
19) Deus tem 3 mensageiros angelicais que irão ao mundo inteiro (Ap.14:6-11) e o dragão tem 3 demônios (Ap.16:13);
20) O ministério de Cristo foi de 35 anos  e a perseguição tem tempo de 3,5 anos.
21) Jesus opera milagres (Jo.20:30) e os falsos profetas fazem falsos sinais e aparentes maravilhas (Mt.24:24);
22) Jesus vem de cima (Jo.6:38) e o anticristo virá do abismo (Ap.11:7).
23) Jesus vem em nome do Pai (Jo.5:43) e o anticristo virá em seu próprio nome (Jo.5:43).
24) Jesus humilhou-se a si mesmo (Fp.2:8) e o anticristo exalta a si mesmo (2 Ts.2:4).
25) O mundo despreza o Cristo e os crentes o adoram (Is.53:3;Lc.24:52);o anticristo é admirado pelo mundo (Ap.13:3-4).
26) Jesus é exaltado pelo Pai (Fp.2:9) e o anticristo será lançado no fogo (Is.14:14-15);
27) Jesus veio fazer a vontade do Pai (Jo.6:38) e o anticristo fará sua própria vontade (Dn.11:36);
28) Jesus veio para salvar almas (Lc.19:10) e o anticristo virá para destruir as almas (Dn.8:24);
29) Jesus é o bom Pastor que se preocupa com seus seguidores (Jo.10:4-15) e o anticristo é pastor inútil (Zc.11:16-17);
30) Jesus é a videira verdadeira (Jo.15:11) e o anticristo é a videira da terra (Ap.14:18).
31) Jesus é a verdade (Jo.14:6) e o anticristo é o pai da mentira (2 Ts.2:11);
32) Jesus é santo (Mc.1:24) e o anticristo é iníquo (2 Ts.2:8);
33) Jesus é homem de dores (Is.53:3)  e o anticristo é homem da iniquidade (2 Ts.2:3);
34) Jesus é o filho de Deus (Lc.1:35)  e o anticristo é o filho da perdição (2 Ts.2:3);
35) Jesus ensinará o mistério da piedade (1 Tm.3:16) e o anticristo ensinará o mistério da iniquidade (2 Ts.2:7);
36) Jesus tipifica o cordeiro sacrificial (1 Pe.1:19) e o anticristo tipifica a besta selvagem (Ap.13:2).
37) Jesus é um grande orador que fala aos corações (Jo.7:46) e o anticristo é orador que hipnotiza (Ap.13:5);
38) Jesus Cristo ama sua noiva (Ap.21:1-2)  e o anticristo mata sua noiva (Ap.17:16-18).
39) Jesus Cristo está montado em um cavalo branco (Ap.19:11) e o anticristo monta um cavalo branco: (Ap.6:2);
40) Jesus  Cristo tem muitas coroas (Ap.19:12)  e o o anticristo tem uma única coroa (Ap.6:2);
41) Jesus Cristo tem uma espada afiaca (Ap.19:15)  e o anticristo carrega um arco (Ap.6:2);
42) Jesus Cristo vem para governar (Ap.19:15)  e o anticristo vem para conquistar (Ap.6:2);
43) Jesus Cristo é seguido por cavalos brancos e seus cavaleiros (Ap.19:14)  e o anticristo é seguido por cavalos vermelho, preto e amarelo (Ap.6:4-8).
44) Jesus é seguido por exércitos celestiais (Ap.19:14) e o anticristo é seguido pela morte, fome, e o inferno (Ap.6:4-8).
O PERÍODO DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 4): A IMPLANTAÇÃO DO IMPÉRIO ROMANO: O Novo Império Romano é uma realidade; é através dele que o anticristo está implantando a sua plataforma de governo.É uma antiga profecia do opressor (Dn.28:49-50); Tem o ferro como metal símbolo de guerra (Dn.2:33); Roma é o animal feroz com dentes de ferro (Dn.7:7), que é fraco (Dn.2:33; 42,43) e é o instrumento do Anticristo (Dn.7:8), que será destruida (Dn.2:34,45).
Em Dn.2:33-35, refere-se ao tempo final dos gentios, onde 10 reinos escatológicos (extensão do Império Romano) serão destruidos pela pedra que é Cristo, com o surgimento do Reino Eterno, vindo do céu.
A ESTÁTUA DE NABUCODONOZOR: Em Dn.7, a visão dos 4 animais representa a história moral e religiosa de quatro reinos: • O leão - Babilônia  - Data: 606-538 - Cabeça de Ouro - Leão Alado. (Ouro: tremular a luz, brilho, esplendor).
• O urso - Média e Pérsia - Data: 539-331 - Peito e braços de Prata - Urso destruidor.(Prata: Ornamento e dinheiro)-As três costelas que o urso trazia entre os dentes foram a Líbia, Babilônia e Egito.
• O leopardo - Grécia - Data: 331-168 - Ventre e coxa de cobre - Leopardo Alado. (cobre: soar como campainha;alertar)-As asas representam a rapidez com que Alexandre o Grande realizou suas conquistas.
• O terrível animal (Roma) - Data: 168-476 - Pernas e pés de Ferro e barro - Animal espantoso.(Ferro=força/opressão;barro-sentido de desfazer).
O Império Romano dividiu-se em duas partes - O Ocidental e o Oriental e quando Roma foi invadida por bárbaros, originou dez reinos do continente Europeu.
01 - Os Francos, que vieram a ser a França. 02 - Os Anglo-Saxões, que veio a ser a Inglaterra. 03 - Os Alamanos, a Alemanha. 04 - Os Suevos, mais tarde Portugal; 05 - Os visigodos, a Espanha; 06 - Os Burbungos, a Suíça; 07 - Os Lombardos, o norte da Itália; 08 - Os vândalos, povo germânico no sul da Europa e Norte da África; 09 - Os Hérulos; 10 - Ostrogodos - invadiram o Leste Europeu.
Quando Roma caiu na invasão dos bárbaros, o bispo de Roma o tornou o centro de poder que surgiria na Europa.
O PERÍODO DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 5) - CARACTERÍSTICAS GERAIS: A BESTA E A BABILÔNIA:
A BESTA:(Definição)-Animal de quatro patas, de grande porte; animal de carga (Is 46.1), mas que num sentido profético é uma criatura que representa a força bruta, a imoralidade e a oposição a Deus (Is 30.6; Ap 13), que veio preparar a destruição dos homens, representando selvageria, ferocidade e brutalidade.
(Ap.13)-A besta surgirá para lutar contra as testemunhas na 2a. metade da grande tribulação (Ap.11:7) e trará a pena capital ou pena de morte às testemunhas de Jesus na terra.
IMPORTANTE: A besta que surge e se eleva em largura e profundidade em contraste ao Evangelho, controlando e envolvendo com firmeza, 10 símbolos de força (nações) e 7 principais ou líderes mundiais, e sobre a chefia de cada um destes líderes, há  sinal de autoridade ou vitória, com pensamentos ou sentimentos que expressem calúnia, difamação, discurso injurioso contra o bom nome de Cristo, num discurso ímpio e repreensivo, injurioso contra a majestade de Deus.
Obs: Diadema: faixa azul que era marcado com branco, usada pelos reis da Pérsia para prender o turbante ou a tiara e/ou ornamento real para a cabeça.Os dez governadores do mundo darão o poder da mídia e da política ao Anticristo.
BESTA NA ECONOMIA: Representa a força bruta, imoralidade e oposição a Deus. (Ap.11:7; Ap.13:1-18; Ap.14:9-11; Ap.15:2; Ap.16:2;  Ap.16:10-13; Ap.17:3-17; Ap.19:19-20; Ap.20:4-10).
Marca e Sinal 666-Código de Barra(instrumento necessário para comercializar e pagar em bancos)  e Verichip (chip subcultâneo já utilizado por muitas pessoas, inclusive no Brasil)-Pecadores receberão a Marca da besta em oposição ao selo do Espírito Santo dado aos santos.
BESTA NA POLÍTICA: Globalização: Processo típico da segunda metade do séc. XX que conduz a crescente integração das economias e das sociedades dos vários países, especialmente no que toca à produção de mercadorias e serviços, aos mercados financeiros, e à difusão de informações, através da Internet: (redes mundial de computadores ligadas entre si, descentralizada e de acesso público, com serviços de correio eletrônico,chat(conversa) e Web (homepages).
A besta política implantará a pena capital-Hoje em dia, os terroristas afrontam o mundo; naquele tempo, por causa do terrorismo envolvendo as brigas entre Israel e os árabes, o Anticristo subirá ao poder e vai culpar os cristãos pelo sumiço de milhões de pessoas e serão considerados terroristas e será instalada a pena de morte, com exceção aos cidadãos do mundo, que usarão a identidade global do chip. (Isso ocorrerá nos 3 anos e meio da 2a.parte da tribulação).
O CENÁRIO PROFÉTICO ATUAL:
Existem 03 Babilônias ou (terras de Babel=confusão):
 * Babilônia Política - ONU  - (Várias línguas faladas na ONU) nos Estados Unidos (Continente Americano) – Surgirá daí o Anticristo.
* Babilônia Religiosa  - União Européia – (Várias religiões e movimentos surgiram na Europa) - (Continente Europeu) – Surgirá daí o falso profeta
* Babilônia Econômica – China – (País com 84 dialetos) – (Continente Asiático) - Daí surge a Besta.
Existe um plano p/reorganizar 10 supernações:1-EUA; 2-Europa Ocidental; 3-Japão; 4-Austrália,Africa do Sul e o resto da economia de mercado do mundo desenvolvido; 5-Europa Oriental, incluindo a Rússia. 6-América Latina; 7-Norte da África e Oriente Médio; 8-África Tropical; 9-Sul e Sudeste Asiático; 10-China (símbolo é o dragão vermelho).
• O plano do Reino do Anticristo: Sustentar o governo de satanás através da besta e do falso profeta, implantando no mundo logo após o arrebatamento da igreja, abrangendo tanto a economia quanto a política e a religião (Nova Era).
• A destruição desse reino maligno- Ocorrerá na vinda de Jesus (2a.parte), para os julgamentos e início do milênio.
SINAIS PROFÉTICOS DA VINDA DE JESUS À LUZ DA REALIDADE POLÍTICO-ECONÔMICA ATUAL:
• Depois de quase 2.000 anos de exílio a nação de Israel ressurgiu na Palestina (14.05.1948).
• Os árabes que eram divididos, estão se unificando, inclusive com a Criação da OPEP, envolvendo o petróleo.
Com a ocupação dos EUA no Iraque por quase 2 anos, há guerrilha urbana e terrorismo, que pode tornar o paíss como base de treinamento de terroristas.
• Com a queda da URSS, a Rússia continua a se desenvolver como nação importante no cenário internacional porque possui a maioria do antigo arsenal nuclear soviético e está se abrindo para a democracia capitalista e pretendem construir uma ponte no Estreito de Bering, unindo a Rússia ao Canadá, ligando a América à Ásia (Unificação).
• A China que tem seus aliados (Reis do Oriente), está crescendo assustadoramente e detêm o maior exército territorial do mundo (200.000.000 de soldados prontos para a guerra).
China se une a UE e Rússia p/formar a EURÁSIA e tem relações comerciais com o Brasil, possivelmente para fazer aqui uma base como aconteceu com Cuba para os soviéticos. A China quer vigiar os EUA mais perto, mantendo relações comerciais com um país estratégico para os EUA, A AMérica, a Europa e a Àfrica, que é o Brasil, por sua posição geográfica, tendo o Nordeste a região mais próxima. O Oriente Médio, a China e a Rússia podem atrapalhar os interesses econômicos e a defesa dos Estados Unidos.
• O Império Romano Ocidental surgiu com a Unificação da Europa em torno de uma única constituição não cristã e de uma única moeda (Euro), como organizaçao comercial e econômica que apoiará o surgimento do político anticristo.
A invasão do Iraque sem a aprovação da Europa aumenta a rejeição na Europa e os EUA podem perder antigos aliados.  O Mercado Comum Europeu elegeu um parlamento que incorporou a Grécia em 1979 c/ política anti-américa.
AS DORES DE PARTO DA IGREJA NO CENÁRIO PROFÉTICO MUNDIAL ATUAL: Quando ficarem mais intensas e frequentes, é indício da vinda de Jesus.
1º DOR: FALSIDADE RELIGIOSA: Surgimento de movimentos estranhos ao Evangelho de Jesus em igrejas cristãs, como G 12, neopencostalismo e ecumenismo, além de aparecimento de falsos messias ou falsos milagreiros, num renascimento do ocultismo, principalmente no movimento Nova Era, entrando na sociedade como medicina alternativa;
2ª DOR: REVOLUÇÃO INTERNACIONAL: Acontecimentos globais com mudanças na política e na economia, alternando as negociações do mundo, com o surgimento de uma economia mundial, unificada e opressora pela internet.
3ªDOR: SURGIMENTO DE NOVAS GUERRAS : Carnificina de guerras legais entre países por causa de fronteiras, brigas econômocas ou religiosas e ainda as ações terroristas e as civis entre policiais e traficantes de drogas e corrupção.
4ª DOR: GRANDES POPULAÇÕES COM FOME:  Explosão populacional concentradas em áreas pequenas, ocorrendo  doenças edêmicas em lavouras e em animais, agravando-se a proibição de alimentos transgênicos e os destruídos por causa do controle de preços na lei da oferta e da procura, a poluição e mudanças atmosféricas ocasionadas pelo homem.
5ª DOR: TERREMOTOS E TSUNAMIS: Movimentos das placas tectônicas; vulcões, tsunames, abalos crescentes, também ocasionados pelo alinhamento retilíneo dos planetas frente ao sol,que ocasiona tempestades solares e atinge o planeta.
6ª DOR: EPIDEMIAS: Doenças modernas causadas por vírus e bactérias modificados pela poluição do meio-ambiente, alimentos modificados geneticamente e baixa qualidade de vida e também mais cruzamentos  genéticos humanos.
7ª DOR: OCORRÊNCIAS ESTRANHAS NOS CÉUS: fenômenos inexplicáveis ao redor da terra ou no espaço externo, apontando a provável existência de aparições de objetos voadores não identificados; demônios enganadores (2 Ts.2:8-12), afinal são entidades extra-terra, criados antes da fundação do mundo e com poderes para enganar com a mentira.
PERIGOS PARA ISRAEL NESTES DIAS: Crise religiosa, países comunistas, política internacional pró-árabes com ações terroristas e ascenção de países orientais: Além da pressão da OPEP, o Irã possui armamentos nucleares e há o reavivamento islâmico anti-israelense no mundo árabe e Israel só conta com os EUA como aliados pois as outras nações precisam do petróleo árabe, pois os árabes aprenderam a usar o petróleo como arma política.
Além disso, a Rússia é uma potência mundial nuclear e têm se aliado com a China.
A CHINA:  A Bíblia diz que em Ap.16:12, reis do oriente viriam participar da guerra contra Israel com 200 milhões de soldados (Ap.9:13-19). O Rei do norte chegará ao seu fim (URSS acabou) e os chineses procurarão dominar o Oriente Médio (Ez.38:14;39:6). A Revolução Cultural da China os tornaram militarizados e inseridos no Ocidente.
A UNIÃO EUROPÉIA: CEE-Comunidade Econômica Européia , nasceu de um tratado feito em Roma, em 1957, e Roma seria a capital da federação formada por dez países, com fonte de poder no comércio e na economia mundial, ameaçando o poder dos EUA, único aliado de Israel, no mundo.
 O anticristo será grande orador e será ajudado pelo grande falso profeta da apostasia romana e para isso, o exio político e financeiro do mundo será voltado para a Europa, de onde surgirá o governo da Nova Ordem Mundial.
Os Estados Unidos estão perdendo poder político, militar e econômico para a Europa a cada dia, tendo crises com seus aliados. Os terroristas do Afeganistão, Irã e Israel fazem parte de um triângulo perigoso, área suscetível à guerra, pois o Irã aparenta ter tecnologia atômica, está economicamente forte e conta com apoio de países árabes anti-Israel.
O CENÁRIO PROFÉTICO ATUAL ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 7)- FUNDANDO A NOVA ORDEM MUNDIAL:
SUPOSTO PLANO DE ESTABELECER A NOVA ORDEM MUNDIAL: Por permissão de Deus, segundo seus propósitos, nos círculos da maçonaria ocultista, circula a notícia de que 3 guerras mundiais seriam necessárias para estabelecer a Nova Ordem Mundial.  A Primeira e a Segunda Guerra Mundial foram travadas para estabelecer a Antítese, e criar a Guerra Fria, aquele “conflito controlado ou ameaça de conflito” que produziria o novo sistema, a Síntese.
1.A Primeira Guerra Mundial foi planejada para permitir que o governo czarista na Rússia fosse totalmente derrubado. O novo governo russo foi previsto como ateísta e militarista. As potências ocidentais na Europa, em conjunto com os EUA, financiaram a expedição de Lênin até a Rússia, financiaram seu governo, e depois disso, financiaram o comunismo russo pelo menos uma vez a cada década dali para a frente.
2.A Segunda Guerra Mundial foi prevista para originar entre a Grã-Bretanha e a Alemanha. Entretanto, um dos resultados planejados dessa guerra era fortalecer o novo governo comunista russo, para que ele enfraquecesse e destruísse os outros governos e religiões.
A história registra novamente que a Segunda Guerra Mundial, realmente cumpriu esse objetivo. A guerra iniciou quando a Alemanha invadiu a Polônia, fazendo com que a Grã-Bretanha declarasse guerra à Alemanha, que  firmou um pacto com a Itália e com o Japão e a Grã-Bretanha uniu-se com os EUA e com a Rússia.
A 2a.Guerra Mundial deu à Rússia capacidades que ela não possuía; foram criadas as forças militares russas em um nível aterrorizador e a construção de fábricas inteiras ao leste de Moscou, que deram à Rússia uma grande base industrial, emergindo do conflito como uma superpotência, num reino para acompanhar sua nova base militar e industrial.
3.A Terceira Guerra Mundial foi prevista para ser entre o judaísmo e o islamismo. Os eventos atuais em Israel, que está “cedendo território em troca da paz” não fazem nenhum sentido de outra forma.
Os líderes de Israel, alguns dos quais são generais de Exército, têm oferecido seu suporte a esse plano que militarmente é um desastre, por cede aos árabes um Estado permanente dentro de Israel, e os militares não poderão defender Israel se o ataque vier a partir de dentro do Estado Palestino.
A comunidade judaica ortodoxa é majoritariamente da opinião que esse “Plano de Paz” é uma receita para a guerra, não para a paz. Eles estão certos; esse é o Plano. Por que, então, tantos líderes israelenses, que deveriam conhecer melhor, estão criando e apoiando esse Plano de dar um Estado aos palestinos, e devolver as Colinas do Golan?
Eles são humanistas, e, portanto,enganados por satanás e porque receberam “garantias concretas” das potências ocidentais que sua segurança será “garantida” se concordarem com esse Plano. Qualquer que seja a razão, os líderes israelenses liberais criaram esse Plano não-funcional e cumpriram muitas das suas provisões, o que pode gerar males.

A QUEDA DAS TORRES DO WOLRD TRADE CENTER NO CENÁRIO PROFÉTICO MUNDIAL:
DANIEL 8:1 -  NO ano terceiro do reinado do rei Belsazar apareceu-me uma visão, a mim, Daniel, depois daquela que me apareceu no princípio.  E vi na visão; e sucedeu que, quando vi, eu estava na cidadela de Susã (cidade poderosa como a capital-imagine Nova Iorque), na província de Elão (Cidade próxima ao Rio-imagine Manhatan); vi, pois, na visão, que eu estava junto ao rio Ulai. E levantei os meus olhos, e vi, e eis que um carneiro (imagine os americanos)  estava diante do rio, o qual tinha dois chifres (duas torres do Wolr Trade Center); e os dois chifres eram altos, mas um era mais alto do que o outro (Uma das torres tinha a antena da Rádio); e o mais alto subiu por último. (torre de rádio colocada depois da construção da torre) Vi que o carneiro dava marradas para o ocidente (mandava no continente americano), e para o norte (queria mandar na Europa) e para o sul (queria mandar na África) e nenhum dos animais lhe podia resistir;(nenhum dos países atuais pode com seu poder bélico)  nem havia quem pudesse livrar-se da sua mão (protencionismo americano); e ele fazia conforme a sua vontade, e se engrandecia (orgulho americano) E, estando eu considerando, eis que um bode (árabe) vinha do ocidente (no próprio solo americano) sobre toda a terra, mas sem tocar no chão;(voando) e aquele bode tinha um chifre insigne entre os olhos (Bin Laden da Al Qaeda). E dirigiu-se ao carneiro que tinha os dois chifres, ao qual eu tinha visto em pé diante do rio, e correu contra ele no ímpeto da sua força.(o avião americano voou em direção às duas torres em Manhatan-Nova Iorque próximo ao Rio Hudson)  E vi-o chegar perto do carneiro, enfurecido contra ele, e ferindo-o quebrou-lhe os dois chifres (O avião bateu na torre e a derrubou) , pois não havia força no carneiro para lhe resistir,(as defesas americanas não sabiam o que estava acontecendo) e o bode o lançou por terra, e o pisou aos pés (O bode tem 4 patas; coincidentemente 4 aviões caíram; um no Pentágono; um no solo e dois nas torres); não houve quem pudesse livrar o carneiro da sua mão. E o bode se engrandeceu sobremaneira (Bin Laden e os terroristas árabes se engrandeceram e assumiram a autoria do atentado); mas, estando na sua maior força, aquele grande chifre foi quebrado; (O Afeganistão foi invadido) e no seu lugar subiram outros quatro também insignes, para os quatro ventos do céu. (Graças à invasão do Afeganistão, 04 grupos terroristas árabes foram espalhados pelo mundo: São eles: Hamas, de Ahmed Yassin; Jihad Islâmica de Ramadam Shallah; Brigada Al Aqsa de Marwan Barshanti e Hezbollah do Xeque Hassan Nasrallah) E de um deles saiu um chifre muito pequeno, o qual cresceu muito para o sul, e para o oriente, e para a terra formosa. (O grupo Hamas que se dirigiu para fazer atentados em Israel e em países do Oriente Médio)E se engrandeceu até contra o exército do céu (árabes dizem que Alá é o deus verdadeiro); e a alguns do exército, e das estrelas, lançou por terra, e os pisou.(até mesmo na Europa onde o símbolo do Euro é estrelas, será invadida por atos terroristas) E se engrandeceu até contra o príncipe do exército (Israel); e por ele foi tirado o sacrifício contínuo, e o lugar do seu santuário foi lançado por terra. (destruição de sinagogas e mudança nos costumes sabáticos pela vigilância contra terroristas) E um exército foi dado contra o sacrifício contínuo, por causa da transgressão; e lançou a verdade por terra, e o fez, e prosperou. Depois ouvi um santo que falava; e disse outro santo àquele que falava: Até quando durará a visão do sacrifício contínuo, e da transgressão assoladora, para que sejam entregues o santuário e o exército, a fim de serem pisados? E ele me disse: Até duas mil e trezentas tardes e manhãs; e o santuário será purificado. (provavelmente, o período de tempo compreendendo desde a destruição do santuário no tempo de Jesus até a sua vinda após a tribulação) E aconteceu que, havendo eu, Daniel, tido a visão, procurei o significado, e eis que se apresentou diante de mim como que uma semelhança de homem. E ouvi uma voz de homem entre as margens do Ulai, a qual gritou, e disse: Gabriel, dá a entender a este a visão. E veio perto de onde eu estava; e, vindo ele, me amedrontei, e caí sobre o meu rosto; mas ele me disse: Entende, filho do homem, porque esta visão acontecerá no fim do tempo.(tempos atuais do final da dispensação da graça) E, estando ele falando comigo, caí adormecido com o rosto em terra; ele, porém, me tocou, e me fez estar em pé. E disse: Eis que te farei saber o que há de acontecer no último tempo da ira; pois isso pertence ao tempo determinado do fim. Aquele carneiro que viste com dois chifres são os reis da Média e da Pérsia (Iranianos e Iraquianos apoiam o terrorismo), Mas o bode peludo é o rei da Grécia (indicando que como a Grécia, a filosofia e a cultura muçulmana voltada ao terrorismo se espalhará por todo o mundo); e o grande chifre que tinha entre os olhos é o primeiro rei; O ter sido quebrado, levantando-se quatro em lugar dele, significa que quatro reinos se levantarão da mesma nação (nação árabe), mas não com a força dele. Mas, no fim do seu reinado, quando acabarem os prevaricadores, se levantará um rei, feroz de semblante, e será entendido em adivinhações.(Anticristo) E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo (matará as testemunhas de Jesus). E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes (Jesus), mas sem mão será quebrado (2a. vinda de Jesus). E a visão da tarde e da manhã que foi falada, é verdadeira. Tu, porém, cerra a visão, porque se refere a dias muito distantes (distantes 2005 anos daquela época). E eu, Daniel, enfraqueci, e estive enfermo alguns dias; então levantei-me e tratei do negócio do rei. E espantei-me acerca da visão, e não havia quem a entendesse. (Será coincidência?)

Uma coisa é certa; o terrorismo alcançará proporções mundiais e o mundo clamará por um líder mundial e pena capital para os terroristas, o que culminará com o uso de tecnologia de vigilância e identificação (chip) nas pessoas.
A POLÍTICA INTERNACIONAL ATUAL: Com a  queda dos regimes do leste europeu, o declínio e a posterior desintegração da URSS encerraram a Guerra Fria e puseram fim ao sistema político vigente desde a Segunda Guerra Mundial.
Com a queda das ditaduras, houve uma abertura das economias e a inauguração de uma nova era marcada pela aparente paz, democracia e prosperidade, que o Presidente George Bush denominou de Nova Ordem Mundial, durante o encontro de Malta com Gorbachov em dezembro de 1989.(A  Nova Ordem Mundial Anticristã se firmará na Tribulação)
Com a globalização, na segunda metade da década, as crises e rejeições da redução do Estado nas áreas sociais e econômicas, passando o poder para as empresas multinacionais,  passaram a se manifestar com intensidade e a  Rússia sofreu uma regressão sem precedentes, enquanto o Ocidente explorava suas debilidades para impedir o seu retorno à condição de potência, levando Moscou a se aproximar da China.
1. OS EUA E A NOVA ORDEM GLOBAL  Com o fim da Guerra Fria, os Estados Unidos tornaram-se a única superpotência e queriam reorganizar o sistema mundial, de forma que a hegemonia dos EUA pudesse ser mantida a um custo mais baixo e por isso surgiu a OTAN como instrumento para a manutenção da supremacia americana.
A Nova Ordem Mundial idealizada pelos Estados Unidos aposta num papel renovado para as Nações Unidas e outras organizações internacionais, com o objetivo declarado de expandir a democracia e o livre mercado.
Dentro deste esquema, a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) representa uma prioridade e um modelo ideal, pois ao mesmo tempo que tal estratégia mantém os aliados subordinados à uma estratégia geral, formulada por Washington, ela reparte os custos com estes mesmos países.
Conforme já abordamos acima, no século XX, o primeiro desafio à ordem mundial anglo-saxônica ocorreu dentro do próprio sistema, quando a Alemanha, primeiro isoladamente e depois acompanhada pelo Japão e Itália, tentou obter um lugar de destaque dentro da ordem capitalista, resultando em duas Guerras Mundiais.
Um segundo desafio partiu de fora do sistema, com o socialismo soviético tentando criar uma alternativa à ordem existente, trazendo como conseqüência a Guerra Fria.
O terceiro desafio, atualmente em curso, emergiu na Ásia Oriental, particularmente através da China, constituindo um fenômeno misto, economicamente dentro da ordem capitalista, mas politicamente exterior a ela.
As recentes turbulências financeiras na Ásia representam, neste sentido, o primeiro embate do novo conflito em torno da ordem mundial, não necessariamente um “choque de civilizações”.
Além disso, os anos 90 significam também uma época de crise e transição rumo a um novo período histórico, com o declínio do ciclo de expansão ocidental, iniciado há cinco séculos.
Os Estados Unidos como única superpotência: O pós-Guerra Fria diminuiu, num primeiro momento, o prestígio dos Estados Unidos, pois a hegemonia americana dependia da guerra fria, à medida que os vencidos da Segunda Guerra Mundial prosperavam economicamente, pois todavia o poder mundial enquanto tal, embora tenha sofrido considerável diluição, não se reduziu, e a estrutura mundial de caráter oligárquico permite ainda aos EUA um considerável espaço de iniciativa estratégica.
Agregue-se a isto que, apesar do declínio relativo do país em alguns campos, ele ainda é responsável por quase 20% da produção mundial, além de conservar a primazia militar e a ascendência sobre as mais importantes organizações internacionais da esfera econômica e política, algumas em processo de reforma (Banco Mundial, FMI, ONU, OMC, etc.).
Além disso, Washington não está disposto a aceitar a hegemonia de qualquer potência continental sobre a Europa ou a Ásia e depende seriamente da evolução da Rússia e da UE, pois para os dirigentes americanos, a segurança nacional tende a se confundir com a do globo.
A articulação de uma Nova Ordem Global:  Com a queda da URSS, há o aumento da rivalidade entre os países pequenos. Há o  G-7 (a organização dos sete países capitalistas mais industrializados: EUA, Canadá, Japão, Alemanha, Itália, França e Grã-Bretanha) sobre assuntos internacionais, em forte interdependência entre eles na economia mundial.
Os EUA querem diminuir os exércitos de países, promovendo  intervenções, com mandato da ONU, em locais onde é possível atingir os objetivos rapidamente e com perdas mínimas com  vantagem estratégica e desenvolvendo forças de intervenção rápida, de eficácia global, num conjunto de práticas orientadas pela Estratégia da Lagosta:
O NAFTA constitui a cabeça do animal; a América Latina o rabo, a retaguarda e a reserva de recursos (amazônia); as garras projetam-se sobre o Pacífico e o Atlântico, apoiadas em alianças militares na Ásia e na Europa.  Sua presença destina-se a intervir no corredor instável: Rússia, Ásia central ex-URSS Oriente Médio, os Balcãs e atinge o leste da África.
Para convencer os europeus,foi desencadeada a Guerra do Golfo e alimentados os conflitos da Iugoslávia em desagregação dentro da Europa,exploradas mídia internacional,para provar a necessidade de manutenção da OTAN.
O CENÁRIO PROFÉTICO ATUAL ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO FUNDANDO A NOVA ORDEM MUNDIAL:
Estamos vivendo não uma Nova Ordem Mundial, mas a intensa luta pela construção de uma e pela liderança dentro desta, o que deve consumir ainda mais uma década, mas o arrebatamento pode ocorrer a qualquer momento.Vigiemos!
GLOBALIZAÇÃO/INTEGRAÇÃO: UE, MERCOSUL E NAFTA:O processo de globalização e integração econômica em blocos regionais constitui o elemento dinâmico “construtivo” do atual movimento de reordenação das relações internacionais, rumo a uma Nova Ordem Global.
Com a extinção da URSS, o capitalismo se desenvolveu forte na democracia, acelerando reestruturação econômica, concorrência e rivalidade entre os países, como o Mercosul e o NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte), bem como o aprofundamento da União Européia e o estabelecimento de alianças entre alguns em detrimento de outros.
O MERCOSUL (Mercado Comum do Sul), criado em 1991 (Tratado de Assunção), iniciou  à integração entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, mas no decorrer do processo, o objetivo brasileiro tornou-se mais ousado: a criação de uma Área de Livre Comércio Sul Americana (ALCSA), como meio de lograr uma forma mais eficaz de negociar a inserção numa ordem mundial dominada pelos mega-blocos do hemisfério Norte, bem como contrabalançar o efeito de atração exercido pelo NAFTA (EUA,Canadá e México) sobre países da América do Sul, como o Chile e a Venezuela.
O Mercosul iniciou negociações com a União Européia, que culminaram com a assinatura do primeiro acordo interblocos econômicos, o Acordo Marco Inter-regional de Cooperação União Européia-Mercosul, assinado em Madrid em dezembro de 1995, fazendo acordos com a Europa e a Ásia Oriental, que inquietam muito os Estados Unidos. 
Os Novos Desafios da União Européia: A Comunidade Européia (CE), Tratado de Maastrich, integrou-se em 31.12.92, tornando-se União Européia (UE). Em 01.01.95 a Áustria, a Finlândia e a Suécia aderem à UE, que se transforma em Europa dos 15 e se constitui no processo de integração entre nações mais avançado e institucionalizado,estando essa integração oeste-européia intimamente associada à Guerra Fria, num processo integrativo que atingia seu ápice, quando a Guerra Fria encerrou-se.
Quanto aos países da Antiga URSS: Com a queda dos regimes socialistas do leste europeu e a desintegração da própria União Soviética, então, introduziram fortes elementos de instabilidade para a integração da UE: migrações, fragilidade político-social, conflitos nacionalistas e desequilíbrios macroeconômicos.
Quanto a ação dos EUA: Para fazer frente aos desafios de seus aliados-rivais, econômica e comercialmente mais dinâmicos, além de tecnologicamente mais avançados, bem como à conjuntura do fim da Guerra Fria, os EUA buscam,  reorientar sua economia, de forma a retomar o crescimento e a competitividade, reduzindo despesas armamentistas, como forma de incrementar os investimentos produtivos. Mas se os EUA  reduzirem sua presença internacional,  não lograrão reorientar sua economia; mas, sem mantiverem sua liderança mundial, o país não conseguirá obter os meios necessários para retomar o crescimento e a dianteira tecnológica.Contudo,
Quanto À Rússia: Ela não desapareceu do jogo internacional, apesar de seu refluxo, da desmoralização e do perigoso caos social e político em uma potência nuclear. Moscou tem repassado para a China, o Irã e outras potências médias, armas modernas e tecnologia espacial, nuclear e de mísseis, e o país deverá ressurgir gradualmente no cenário mundial, embora não esteja claro com que projeto.
A Rússia, ainda que tenha se tornado um parceiro qualitativamente inferior à antiga URSS, tem mantido com países-chave da Ásia uma crescente cooperação em campos particularmente sensíveis, especialmente com a China e na medida em que sua parte européia e sua política pró-Ocidental entram em declínio, tem se voltado para a Ásia, pois o país constitui precisamente o elo terrestre que serviria de base para a constituição de um grande espaço econômico eurasiano.
Quanto aos Árabes & Israel: A destruição do Iraque deixou campo livre para as petromonarquias tentarem impor um nova ordem regional, apoiada no Eixo Riad-Cairo-Washington.
A importância do petróleo e das finanças árabes constituem um importante elemento para a recuperação da competitividade da economia americana, o que levou os Republicanos a pressionar Israel a negociar um amplo processo de paz com a OLP e os vizinhos árabes;com o fim da ameaça representada pela URSS e pelos regimes reformistas árabes inimigos do Ocidente e das petromonarquias, Israel perdeu grande parte da importância estratégica.
Quanto a África: A África (parte sul) é outra região considerada estratégica para a Nova Ordem Global, com suas reservas de minerais nobres e sua importante posição geopolítica. Tanto na África como no Oriente Médio, os conflitos regionais conduziam à radicalização social, à instabilidade diplomática e aos excessivos gastos em defesa e segurança, os quais foram consumindo as riquezas locais, obrigando o Ocidente a auxiliar estas regiões economicamente.
Quanto à Ásia Oriental: A Ásia oriental constitui a única região do mundo a conhecer um crescimento econômico real e constante desde o início da crise e reestruturação capitalistas da década de 70.
O desenvolvimento industrial japonês alargou-se para os Tigres asiáticos (Coréia do Sul, Taiwan, Hong Kong e Cingapura) e para a República Popular da China, chegando a alguns países do sudeste e do sul da Ásia.
Além da região haver se convertido no centro de vários ramos da economia mundial, tendo-se tornado o seu pólo mais dinâmico, nela foi emergindo um modelo próprio chamado de desenvolvimento asiático, numa perspectiva histórica, constituindo parte de um movimento maior de renascimento das civilizações locais e, inclusive, de propostas diferentes para a imensa reorganização planetária que está ocorrendo na virada do milênio (Nova Ordem).
A República Popular da China configura-se no primeiro embate na demarcação das “fronteiras” entre os mundos ocidental e oriental, num jogo de força decidindo as regras do novo sistema de poder político-econômico da Nova Ordem.
O desenvolvimento asiático crescentemente nucleado pela China enfrenta pressões ocidentais e que tem a característica de um modelo híbrido, pois se por um lado, a economia asiática está associada ao mercado mundial, por outro, guarda substancial autonomia político-militar, uma vez que a China mantém seu regime socialista, além de ser um país em desenvolvimento que se encontra no centro do poder mundial (capacidade nuclear e membro permanente do Conselho de Segurança da ONU), conhecido na Bíblia por seu símbolo na bandeira como “O dragão vermelho”.
A China tem atuado sem confrontar abertamente os EUA;  os países asiáticos têm mantido uma organização societária oposta ao liberalismo individualista ocidental, que surge numa modernização tecnológico-produtiva e um modelo alternativo para a sociedade internacional no início do próximo século/milênio na construção de uma Nova Ordem Mundial não-hegemônica, com um modelo de desenvolvimento nacional, de segurança e de governabilidade (o “modelo asiático”), o que atrai a atenção mundial, numa época marcada pela instabilidade do pós-Guerra Fria.
Além disso, China e Rússia já fazem exercícios militares conjuntos em suas fronteiras, ameaçando a hegemonia americana mundial.
A unificação das Coréias: É percebida pelo Japão e pelos EUA como uma possível fonte de novos problemas, pois o desenvolvimento sul-coreano atingiu um nível tal, que o país começou a ser visto como um concorrente pelo Japão, assumindo também formas próprias que não são do agrado dos EUA, como a crescente vinculação com a economia chinesa, desde o restabelecimento de relações entre os dois países, China e Coréia do Sul, afinal, a unificação da península criaria uma nova potência regional de porte demográfico, econômico e militar e também nuclear- (DRAGÃO).
A estratégia da China é ganhar tempo, fortalecendo sua economia, tecnologia e forças armadas e mais uma ou duas décadas seriam necessárias para o país consolidar-se internacionalmente de forma irreversível, como um futuro Estado-Nação; uma sociedade coletiva, como a Ásia vem demonstrando sendo a nova superpotência contra Israel, EUA e aliados.
RESUMO: A realidade atual com  transformações sociais, conflitos religiosos,políticos mundiais mudou  a guerra de posições para a de movimento pessoal,como tráfico e terrorismo,esperando apenas surgir o líder mundial-Anticristo.
O CENÁRIO PROFÉTICO ATUAL ANTES DA GRANDE TRIBULAÇÃO (PARTE 9)-O BRASIL E A NOVA ORDEM MUNDIAL:
O Brasil e a China: No curto espaço de pouco mais de uma semana, em meados de novembro de 2004, o Brasil foi visitado pelos presidentes da China, Hu Jintao, da Coréia do Sul, Ron Moo-Hyung, do Vietnã, Tran Duc Luong, e da Rússia, Vladimir Putin, líderes de 2 potências mundiais e 2 regionais, de grande expressão na política e na economia.
Mais que encontros protocolares, a agenda das visitas demonstrou que se trata de parcerias estratégicas no âmbito da cooperação Sul-Sul entre países em desenvolvimento, na qual a diplomacia brasileira está alcançando projeção planetária.
Todos os visitantes assinaram acordos importantes com o Brasil e demonstraram grande interesse em estabelecer acordos de livre comércio com o Mercosul, sendo que Putin e Jintao manifestaram simpatia para com a candidatura brasileira a membro permanente do Conselho de Segurança da ONU.
PERGUNTAS QUE NINGUÉM RESPONDE;FATOS REVELADORES NA CHEGADA DA NOVA ORDEM MUNDIAL:
• Será o Brasil uma nova Cuba, a serviço dos chineses para implantar uma base militar no país, vigiando os Estados Unidos?
• O acidente ocorrido na Base de Alcântara teria sido dos americanos, sabotando o lançamento de satélites espiões a serviço do consórcio Brasil-China? O projeto de satélites de sensoriamento remoto e a parceria tecnológica em áreas de ponta, como a nuclear, são exemplos avançados de cooperação Sul-Sul (entre países em desenvolvimento).
A busca de investimentos recíprocos é um processo que está iniciando.
• Será que o projeto SIVAM, de observação de satélite para proteger a Amazônia de queimadas e de aviões de traficantes,não foi um conchave com os EUA para procurarem jazidas de ouro e petróleo no subsolo amazônico brasileiro?
• O que dizer dos poços de petróleo perfurados e encontrados cheios de óleo e vedados pelos americanos na Amazônia? Seria por isso que o 23º Batalhão de Caçadores foi para a selva fazer movimentação de tropas permanentes?
• Estariam os americanos usando o pretexto de combater as FARCs (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) infiltradas em solo brasileiro para invadirem e tomarem posse da área?
• O que dizer do grande número de estrangeiros europeus que estão comprando terra no nordeste e na região do Mato-Grosso?
• Quem estaria por trás, ajudando o Brasil a pagar em dia os juros da dívida com o FMI, para não precisar dos EUA?
Seria a China que troca navios carregados com nossa água por tecnologia de ponta e investimentos comerciais?
• O que estaria por trás de se oferecer a base de Alcântara para os americanos construírem uma base militar tornando a área uma parte do solo americano?
•O que dizer do projeto de construirem uma estrada ligando o Atlântico ao Pacífico, passando pelo Brasil? Seria uma alternativa para espionagem e tráfico de drogas aonde o Canal do Panamá com controle americano não deixam ocorrer?
• O que dizer da ponte que irão construir no Estreito de Bering, entre o Alasca e a Sibéria, aclamada por alguns como a Ponte Intercontinental da Paz, e, alternativamente, para a construção de um túnel sob o estreito, ligando o mundo?
No Brasil, há relatos de que em Roraima, americanos têm comandado a área usando o nome da ONU,alegando que estão libertando os povos indígenas, mas na verdade, os americanos estão construindo uma grande base militar na Colômbia, bem próximo da fronteira com o Brasil numa parceria com o governo colombiano com o pseudo objetivo de combater o narcotráfico.
Sabemos que as terras indígenas, além das riquezas animais e vegetais, da abundância de água, são extremamente ricas em ouro (encontram-se pepitas que chegam a ser pesadas em quilos), diamante, outras pedras preciosas, minério e nas reservas norte Roraima e Amazonas, ricas em PETRÓLEO! Isso explica a vontade de venderem a PETROBRÁS.
O Brasil e a África: Um ponto destacado no programa de política externa do governo Lula era a aproximação com a África. A viagem que o presidente realizou na primeira semana de novembro, visitando São Tomé e Príncipe, Angola, Moçambique, Namíbia e África do Sul, cobriu os países de língua portuguesa da África austral e dois dos principais parceiros brasileiros da região, cumprindo a promessa.
O Brasil no Conselho de Segurança da Onu No governo Lula, a diplomacia brasileira passou a priorizar a autonomia, a contestação moderada e propositiva, alianças estratégicas compatíveis com o peso do país (especialmente com os grandes países em desenvolvimento), a integração e a liderança sul-americana e uma campanha a favor da dimensão social.
Além disso, a ação junto à OMC, a formação do G-3 (com África do Sul e Índia), o apoio material e político à países em dificuldade, a oposição à guerra e a própria origem social e política do presidente (primeiro não oriundo da elite, de esquerda mas moderado e vinculado à agenda do Fórum Social Mundial), tiveram considerável impacto sobre a comunidade internacional. Assim, o Brasil ganhou importante espaço político, aparecendo como “o novo” nas relações internacionais, e está no centro de um movimento político para conquistar um assento permanente na ONU.
A manifestação positiva de outros membros, como França, China e, inclusive, Inglaterra, demonstra que nunca estivemos tão perto como agora. E a agenda que o país defende no plano mundial seria uma contribuição importante para “uma ordem internacional mais estável e justa”.
A VERDADE PROFÉTICA SOBRE O BRASIL: O Brasil está em posição estratégica para a implantação da Nova Ordem Mundial, ligando os EUA, o Mercosul, a África e a Europa e ainda manterá relações com a Ásia e não devemos esquecer que foi um brasileiro chamado Oswaldo Aranha que, dirigindo a ONU, deu voto a favor da Constituição do Estado de Israel, pivo da briga com os árabes. Além disso, o povo brasileiro é heterogêneo e presente em quase todos os cantos do mundo, facilitando infiltração de terroristas.
Parece que os EUA estão de olho nas riquezas da Amazônia, visando ter recursos para se manter no poder contra a UE e a (EURÁSIA-China, Ásia,Rússia e UE), que também estão de olho em nossa posição estratégica e riqueza, visando vigiar mais proximamente os EUA, que apoia Israel,  que o mundo detesta, inclusive os Árabes. A queda dos regimes ditatoriais na Ásia prefiguram um período de democracia aonde os presidentes depois entregarão os poderes dos países à ONU e ao ANTICRISTO...
Por isso o avivamento está ocorrendo neste país, principalmente na região nordeste e ocorrerá no Norte do País.

Analisando a vitória de Cristo sobre o Anticristo, após  7 anos da tribulação, temos a 7a. dispensação-MI LENIAL:
7a. dispensação: (MILENIAL-O REINO (prometido a Israel, restaurado):
O plano redentor de Deus para com o homem termina com o cumprimento dos mil anos de paz sobre a Terra, que serão seguidos do Juízo Final e a volta à eternidade, onde Jesus Cristo descerá pessoalmente a terra e será REI.
A juntura destes “Séculos”, presente e vindouro, forma um nítido exemplo de sobreposição das Dispensações, isto é, às vezes, a um tempo transitório entre um tempo e outro.
O próprio Cristo voltará literalmente a terra, onde Ele esteve durante 33 anos e pessoalmente reinará sobre a mesma e terá ao seu lado a SUA IGREJA. Ela voltará dos céus para onde foi levada no Arrebatamento.
O Plano de Deus para com o mundo é fazer “Convergir” nele (em Cristo), na Dispensação e na plenitude dos tempos, Ef 1.10, pois havendo efetuado a redenção dos homens pelo seu sangue derramado na cruz, e Deus no século vindouro mostrará a suprema riqueza de sua graça.
A dupla revelação do Milênio:
1. A presença pessoal de Jesus Cristo, que se sentará no trono de Davi, Lc 1.32,33;
2. O Sermão do Monte, pregado por Jesus no início de seu ministério terreno, Mt 5.6,7, é uma legislação que se tomará plena como plataforma do reino milenial, onde Ela será a Pedra Angular das atividades do Rei durante o Milênio e o Governo será um regime teocrático, o Governo Pessoal de Deus, Is 52.7; Lc l .33; Dn 7.13
7a. dispensação-MILENIAL:O REINO (prometido a Israel, restaurado - 2ª PARTE:)
(1) Definição: O Milênio é o período de 1000 anos em que Cristo reinará sobre a terra, dando cumprimento às alianças abraâmica e davídica, bem como à nova aliança, após o arrebatamento, depois da tribulação (07 anos).
(2) Duração: Seu início, dar-se-á com a manifestação (parousia) de Cristo, na segunda etapa de sua vinda (Ap 19.1-21), após a Grande Tribulação e findará com a instalação do Grande Trono Branco (Ap 20.11-15; Ap.20:2-7).
(3) Suas Designações: O Milênio é o sinal da chegada do “reino dos céus” (Mt 6.10), “reino de Deus” (Lc 19.11), “reino de Cristo” (Ap 11.15), a “regeneração” (Mt 19.28), “tempos de refrigério” (At 3.19) e o “mundo por vir” (Hb 2.5).
(4) Palavra-Chave: REI-O Senhor Jesus Cristo descerá pessoalmente a esta terra e sentará no Trono de Davi.  Jesus chama esta de dispensação da REGENERAÇÃO (Mt 19.28).Pedro diz:TEMPO DE RESTAURAÇÃO(At 3:20-21;At.20.11-15).
(5) Características: A Natureza do Milênio: •  Cristo Reinará (Zc.14:9). •  Davi Reinará (Ez.34:23,24;37:24; 2Cr.13:5).
• Os Crentes Reinarão (Dn.7:18; Ap.5:10). • Haverá Justiça (Is.32:1; Sl.66:3;Sl. 81:15; Zc.14:17-19). •  Haverá Conhecimento de Deus (Is.11:9; Jr.31:34). •  Haverá Paz (Is.2:4;9:6,7) • Haverá Prosperidade (Is.35:1,2;51:3; Am.9:13). •  Haverá Longevidade de Vida (Is.65:20;Is.33:24). • Seu Governo Seu cabeça será Cristo (Ap 19.16); • Seu caráter Um reino espiritual que produzirá paz, equidade, justiça, prosperidade e glória (Is 11.2-5); •  Sua Capital: Sua capital será Jerusalém.
(6) Responsabilidade: Obedecer e adorar a Cristo (Is.11:3-5; Zc. 14:16-17);
(7) Propósitos:  • Consumar todas as alianças feitas com o homem no decorrer dos séculos; • Estabelecer a justiça e a paz na terra; • Exaltar a soberania universal de Cristo; • Restaurar a posição de Israel como cabeça das nações;
• Exaltar os santos de todos os tempos; • Subjugar todos os inimigos do Senhor.
(8) Fracasso: Rebelião Final: Durante este período satanás estará acorrentado, sendo liberto ao seu final, para liderar uma revolta final contra Cristo (Ap 20).
(9) Juizo:O Trono Branco e o Inferno: satanás será derrotado e lançado definitivamente no lago de fogo.(Ap.20:11-15).
VERDADES BÍBLICAS SOBRE O MILÊNIO: 01. Será um reino literal e universal (Dn 2.34,35); 02. Jerusalém será a capital do reino (Jr 3.27; Is 24.23; Ez 48); 03. Os animais serão dóceis (Is 11.6-9; 65.25; Os 2.18); 04. Época de justiça e paz (Is 9.6,7;11.4; Zc 9.10; SI 96.13); 05. A terra ficará mais fértil (Is 35. l; Am 9.3,6); 06. O prolongamento da vida humana (Is 65.20,22; Zc 8.4,5); 07. Satanás será amarrado (Ap 20.20,22,23).
OS SÚDITOS DO REINO MILENIAL: Haverá duas classes de súditos durante esta dispensação de governo divino:
a) homens glorificados: 1.crentes do Velho Testamento;2.crentes do Novo Testamento(Igreja) e 3.salvos no período da Grande Tribulação. b) homens naturais: 1.judeus sobreviventes à Grande Tribulação;2. gentios justificados no julgamento das nações; e 3.os nascidos na época milenial.
O FINAL DAS DISPENSAÇÕES: A cena final da dispensação do Milênio será a instituição do Grande Trono Branco, ao qual comparecerão os rebeldes, os caídos, os perdidos em geral e certamente os anjos caídos (Ap 20.11-15).
Serão abertos os livros, cada pessoa será submetida a julgamento e, finalmente, destruídos todos os inimigos do  Rei, dar-se-á por fim a obra da redenção.
Uma nova ordem de coisas será instalada no Universo, o Senhor estabelecerá novos céus e nova terra e o tempo será fechado, para dar lugar à eternidade, o reino das bem-aventuranças, na santa presença do Senhor.
A BÍBLIA NO SEU TRANSCURSO FINAL:  A cena final e a justificação do grande Trono Branco, quando comparecerão diante do Cordeiro e Rei todos os mortos de todas as épocas, ainda não ressuscitados. Esta é a Segunda Ressurreição.
RESUMO DAS RESSURREIÇÕES: AS RESSURREIÇÕES: As almas dos que pecaram estarão todas diante do Senhor, bem como todos os remidos:
A) Ensinada pelo Antigo Testamento: (Jó 19:25-27; Sl.16:9-11;17:15; Is.26:19; Os.13:14; IIRs.4:32-35;13:20,21 IRs.17:17-24; Dn.12:2).
B) Ensinada pelo Novo Test. (Jo.5:21,28,29; IPe.1:3 At.26:8,22,23;23:6-8; Jo.6:39,40,44,54; Lc.14:13,14;20:35,36; ICo.15:22,23; ITs.4:14-16; Fp.3:11; Ap.20:4-6,13,14; Jo.11:41-44; Lc.7:12-15;8:41,42,49-56; Mt.27:52,53; Mt.28; Jo.20).
C) A Natureza da Ressurreição:  1) Universal (Jo.5:28,29). 2) Dupla (Dn.12:2; Ap.20:4,5).
A- A Ressurreição dos Justos: (Lc 14.14; Jo 5.28,29) • Inclui os mortos em Cristo, que são ressuscitados no arrebatamento da igreja (1Ts 4.16). • Inclui os salvos durante a tribulação (Ap 20.4) • Inclui os santos do A. T. (Dn 12.2
B- A Ressurreição dos Ímpios: Todos os não-salvos serão ressuscitados depois do milênio para comparecerem perante o Grande Trono Branco e serem julgados (Ap 20.11-15). A 2ª ressurreição resulta na 2ª morte para os envolvidos.
A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO: a) A primeira ressurreição:  Em 03 etapas: 1a.Etapa:Cristo: as primícias (ICo.15:23a; Mt.27:52,53). 2a.Etapa: Igreja: pré-tribulação e ressuscitados do NT: (Hb.11:5;ICo.15:23b; ITs.4:13-15; Ap.11:11). 3a.Etapa:- Mártires da grande tribulação (Dn.12:1; Is.26:19; Ez.37:12-14; Ap.20:4).  b) A 2ª ressurreição(Jo.5:29b; Ap.20:5a,12-14).
D) Características do Corpo Ressuscitado: 1) Do Crente:• Identificado com o corpo sepultado (Jó 19:25-27; Lc.24:31; At.7:55,56);• Semelhante ao de Cristo (IJo.3:2); • Real (Lc.24:39); • Livre de limitações terrenas (Jo.20:19).
2) Do Incrédulo: • Mortal e corrupto (Mt.5:29;10:28; Ap.20:12,13;21:8; Gl.6:7,8).
OS JULGAMENTOS DE DEUS: Características: A) O Juiz: • Deus (Rm.1:32;2:2,3,5,6;14:12; Sl.9:7,8;96:13). • Cristo (Rm.2:16;14:10-12; At.17:31; Jo.5:22,23,27; IICo.5:10; At.10:42; IITm.4:1). • Os Santos como Auxiliares (Sl.149:9; p.2:26;3:21; ICo.6:2,3). B) Natureza do Julgamento: 1) Bema=Tribunal (ICo.4:5; Ap.22:12; ICo.3:13-15; Jo.5:24; IICo.5:10). 2) Israel (Sl.50:1-7; Is.1:2,24,26; Ez.20:30-44; Jl.3:2; Ml.3:1,17; Mt.25:31,32; Zc.14:1,2). 3) Gentios (Sl.9:7,8;96:12,13; Zc.14:1,2; Mt.25:31,32). 4) Besta e Falso Profeta (Ap.19:20). 5) Anjos (Mt.25:41; ICo.6:3; Jd.6; IIPe.2:4). 6) Satanás (Ap.20:10). 7) Juízo Final=Trono branco (Ap.20:5a,11; At.24:14; Jo.5:29; Ap.20:12,13,15;21:8; ICo.4:5;15:28; Hb.9:27; Rm.2:5,6; Mt.12:36; IICo.5:10).
 ÉPOCAS DOS JUÍZOS DIVINOS: A) as Obras dos Crentes: Tempo: Logo após a primeira parte da vinda de Jesus, depois do arrebatamento da Igreja. Lugar: No céu. Juiz: Cristo. Participantes: Todos os membros do Corpo de Cristo. Base: Obras posteriores à salvação. Resultado: Galardões ou perda de galardões.  Textos: (1Co 3.11-15; 2Co 15.10).
B- as Nações (ou gentios): Tempo: Na segunda vinda de Cristo. Lugar: Vale de Josafá. Juiz: Cristo. Participantes: Os gentios vivos na época da volta de Cristo. Base: Tratamento dos “irmãos” de Cristo e Israel. Resultado: Os salvos entram no reino; os perdidos são lançados no lago de fogo. Textos: (Mt 25.31-46; Jl 3.2).
C- Israel: Tempo: Na segunda parte da vinda de Cristo.Lugar: Na terra, no “deserto dos povos” (Ez 20.35).Juiz: Cristo.Participantes:Judeus vivos ao tempo da segunda vinda de Cristo.Base: Aceitação do Messias.Resultado: Os salvos entrarão no reino; os perdidos serão lançados no lago de fogo.Textos: (Ez 20.33-38).
D- os Anjos Caídos: Tempo: Provavelmente depois do milênio. Lugar: Não especificado.Juiz: Cristo e os crentes. Participantes: Anjos caídos. Base: Desobediência a Deus ao seguirem a satanás em sua revolta. Resultado: lançados no lago de fogo. Textos: Jd 6; 1Co 6.3.
E- os Mortos Não-Redimidos: Tempo:  Depois do Milênio. Lugar: Perante o Grande Trono Branco. Juiz: Cristo. Participantes: Todos os não-salvos desde o principio da humanidade. Base: O que faz serem julgados é a rejeição da salvação em Cristo, mas o fogo do juízo é a demonstração de que pelas próprias más obras merecem a punição eterna. Resultados: O lago de fogo. Textos: (Ap 20.11-15).
A VINDA DE JESUS CRISTO:(Jd.14,15).Juntamente com a sua Igreja, virá o Senhor para derrotar o Anticristo, e implantar, aqui na terra, o glorioso reino milenial. (Dn.l 7.10;Mt.25.31;2 Ts.1.7; Ap. 1.7; Ts 2.8; Ap 19.20;  Ap 17.14; Ap.16.14,16; Ap 17.14; Ap 19.11; 2 Ts 1.7,8; Sl 96.13; Jo 5.30). A seguir, algumas profecias acerca da vinda de Jesus e a Nova Jerusalém.
7a. dispensação-MILENIAL:O REINO (prometido a Israel, restaurado - 2ª PARTE:)
(1) Definição: O Milênio é o período de 1000 anos em que Cristo reinará sobre a terra, dando cumprimento às alianças abraâmica e davídica, bem como à nova aliança, após o arrebatamento, depois da tribulação (07 anos).
(2) Duração: Seu início, dar-se-á com a manifestação (parousia) de Cristo, na segunda etapa de sua vinda (Ap 19.1-21), após a Grande Tribulação e findará com a instalação do Grande Trono Branco (Ap 20.11-15; Ap.20:2-7).
(3) Suas Designações: O Milênio é o sinal da chegada do “reino dos céus” (Mt 6.10), “reino de Deus” (Lc 19.11), “reino de Cristo” (Ap 11.15), a “regeneração” (Mt 19.28), “tempos de refrigério” (At 3.19) e o “mundo por vir” (Hb 2.5).
(4) Palavra-Chave: REI-O Senhor Jesus Cristo descerá pessoalmente a esta terra e sentará no Trono de Davi.  Jesus chama esta de dispensação da REGENERAÇÃO (Mt 19.28).Pedro diz:TEMPO DE RESTAURAÇÃO(At 3:20-21;At.20.11-15).
(5) Características: A Natureza do Milênio: •  Cristo Reinará (Zc.14:9). •  Davi Reinará (Ez.34:23,24;37:24; 2Cr.13:5).
• Os Crentes Reinarão (Dn.7:18; Ap.5:10). • Haverá Justiça (Is.32:1; Sl.66:3;Sl. 81:15; Zc.14:17-19). •  Haverá Conhecimento de Deus (Is.11:9; Jr.31:34). •  Haverá Paz (Is.2:4;9:6,7) • Haverá Prosperidade (Is.35:1,2;51:3; Am.9:13). •  Haverá Longevidade de Vida (Is.65:20;Is.33:24). • Seu Governo Seu cabeça será Cristo (Ap 19.16); • Seu caráter Um reino espiritual que produzirá paz, equidade, justiça, prosperidade e glória (Is 11.2-5); •  Sua Capital: Sua capital será Jerusalém.
(6) Responsabilidade: Obedecer e adorar a Cristo (Is.11:3-5; Zc. 14:16-17);
(7) Propósitos:  • Consumar todas as alianças feitas com o homem no decorrer dos séculos; • Estabelecer a justiça e a paz na terra; • Exaltar a soberania universal de Cristo; • Restaurar a posição de Israel como cabeça das nações;
• Exaltar os santos de todos os tempos; • Subjugar todos os inimigos do Senhor.
(8) Fracasso: Rebelião Final: Durante este período satanás estará acorrentado, sendo liberto ao seu final, para liderar uma revolta final contra Cristo (Ap 20).
(9) Juizo:O Trono Branco e o Inferno: satanás será derrotado e lançado definitivamente no lago de fogo.(Ap.20:11-15).
VERDADES BÍBLICAS SOBRE O MILÊNIO: 01. Será um reino literal e universal (Dn 2.34,35); 02. Jerusalém será a capital do reino (Jr 3.27; Is 24.23; Ez 48); 03. Os animais serão dóceis (Is 11.6-9; 65.25; Os 2.18); 04. Época de justiça e paz (Is 9.6,7;11.4; Zc 9.10; SI 96.13); 05. A terra ficará mais fértil (Is 35. l; Am 9.3,6); 06. O prolongamento da vida humana (Is 65.20,22; Zc 8.4,5); 07. Satanás será amarrado (Ap 20.20,22,23).
OS SÚDITOS DO REINO MILENIAL: Haverá duas classes de súditos durante esta dispensação de governo divino:
a) homens glorificados: 1.crentes do Velho Testamento;2.crentes do Novo Testamento(Igreja) e 3.salvos no período da Grande Tribulação. b) homens naturais: 1.judeus sobreviventes à Grande Tribulação;2. gentios justificados no julgamento das nações; e 3.os nascidos na época milenial.
O FINAL DAS DISPENSAÇÕES: A cena final da dispensação do Milênio será a instituição do Grande Trono Branco, ao qual comparecerão os rebeldes, os caídos, os perdidos em geral e certamente os anjos caídos (Ap 20.11-15).
Serão abertos os livros, cada pessoa será submetida a julgamento e, finalmente, destruídos todos os inimigos do  Rei, dar-se-á por fim a obra da redenção.
Uma nova ordem de coisas será instalada no Universo, o Senhor estabelecerá novos céus e nova terra e o tempo será fechado, para dar lugar à eternidade, o reino das bem-aventuranças, na santa presença do Senhor.
A BÍBLIA NO SEU TRANSCURSO FINAL:  A cena final e a justificação do grande Trono Branco, quando comparecerão diante do Cordeiro e Rei todos os mortos de todas as épocas, ainda não ressuscitados. Esta é a Segunda Ressurreição.
RESUMO DAS RESSURREIÇÕES: AS RESSURREIÇÕES: As almas dos que pecaram estarão todas diante do Senhor, bem como todos os remidos:
A) Ensinada pelo Antigo Testamento: (Jó 19:25-27; Sl.16:9-11;17:15; Is.26:19; Os.13:14; IIRs.4:32-35;13:20,21 IRs.17:17-24; Dn.12:2).
B) Ensinada pelo Novo Test. (Jo.5:21,28,29; IPe.1:3 At.26:8,22,23;23:6-8; Jo.6:39,40,44,54; Lc.14:13,14;20:35,36; ICo.15:22,23; ITs.4:14-16; Fp.3:11; Ap.20:4-6,13,14; Jo.11:41-44; Lc.7:12-15;8:41,42,49-56; Mt.27:52,53; Mt.28; Jo.20).
C) A Natureza da Ressurreição:  1) Universal (Jo.5:28,29). 2) Dupla (Dn.12:2; Ap.20:4,5).
A- A Ressurreição dos Justos: (Lc 14.14; Jo 5.28,29) • Inclui os mortos em Cristo, que são ressuscitados no arrebatamento da igreja (1Ts 4.16). • Inclui os salvos durante a tribulação (Ap 20.4) • Inclui os santos do A. T. (Dn 12.2
B- A Ressurreição dos Ímpios: Todos os não-salvos serão ressuscitados depois do milênio para comparecerem perante o Grande Trono Branco e serem julgados (Ap 20.11-15). A 2ª ressurreição resulta na 2ª morte para os envolvidos.
A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO: a) A primeira ressurreição:  Em 03 etapas: 1a.Etapa:Cristo: as primícias (ICo.15:23a; Mt.27:52,53). 2a.Etapa: Igreja: pré-tribulação e ressuscitados do NT: (Hb.11:5;ICo.15:23b; ITs.4:13-15; Ap.11:11). 3a.Etapa:- Mártires da grande tribulação (Dn.12:1; Is.26:19; Ez.37:12-14; Ap.20:4).  b) A 2ª ressurreição(Jo.5:29b; Ap.20:5a,12-14).
D) Características do Corpo Ressuscitado: 1) Do Crente:• Identificado com o corpo sepultado (Jó 19:25-27; Lc.24:31; At.7:55,56);• Semelhante ao de Cristo (IJo.3:2); • Real (Lc.24:39); • Livre de limitações terrenas (Jo.20:19).
2) Do Incrédulo: • Mortal e corrupto (Mt.5:29;10:28; Ap.20:12,13;21:8; Gl.6:7,8).
OS JULGAMENTOS DE DEUS: Características: A) O Juiz: • Deus (Rm.1:32;2:2,3,5,6;14:12; Sl.9:7,8;96:13). • Cristo (Rm.2:16;14:10-12; At.17:31; Jo.5:22,23,27; IICo.5:10; At.10:42; IITm.4:1). • Os Santos como Auxiliares (Sl.149:9; p.2:26;3:21; ICo.6:2,3). B) Natureza do Julgamento: 1) Bema=Tribunal (ICo.4:5; Ap.22:12; ICo.3:13-15; Jo.5:24; IICo.5:10). 2) Israel (Sl.50:1-7; Is.1:2,24,26; Ez.20:30-44; Jl.3:2; Ml.3:1,17; Mt.25:31,32; Zc.14:1,2). 3) Gentios (Sl.9:7,8;96:12,13; Zc.14:1,2; Mt.25:31,32). 4) Besta e Falso Profeta (Ap.19:20). 5) Anjos (Mt.25:41; ICo.6:3; Jd.6; IIPe.2:4). 6) Satanás (Ap.20:10). 7) Juízo Final=Trono branco (Ap.20:5a,11; At.24:14; Jo.5:29; Ap.20:12,13,15;21:8; ICo.4:5;15:28; Hb.9:27; Rm.2:5,6; Mt.12:36; IICo.5:10).
 ÉPOCAS DOS JUÍZOS DIVINOS: A) as Obras dos Crentes: Tempo: Logo após a primeira parte da vinda de Jesus, depois do arrebatamento da Igreja. Lugar: No céu. Juiz: Cristo. Participantes: Todos os membros do Corpo de Cristo. Base: Obras posteriores à salvação. Resultado: Galardões ou perda de galardões.  Textos: (1Co 3.11-15; 2Co 15.10).
B- as Nações (ou gentios): Tempo: Na segunda vinda de Cristo. Lugar: Vale de Josafá. Juiz: Cristo. Participantes: Os gentios vivos na época da volta de Cristo. Base: Tratamento dos “irmãos” de Cristo e Israel. Resultado: Os salvos entram no reino; os perdidos são lançados no lago de fogo. Textos: (Mt 25.31-46; Jl 3.2).
C- Israel: Tempo: Na segunda parte da vinda de Cristo.Lugar: Na terra, no “deserto dos povos” (Ez 20.35).Juiz: Cristo.Participantes:Judeus vivos ao tempo da segunda vinda de Cristo.Base: Aceitação do Messias.Resultado: Os salvos entrarão no reino; os perdidos serão lançados no lago de fogo.Textos: (Ez 20.33-38).
D- os Anjos Caídos: Tempo: Provavelmente depois do milênio. Lugar: Não especificado.Juiz: Cristo e os crentes. Participantes: Anjos caídos. Base: Desobediência a Deus ao seguirem a satanás em sua revolta. Resultado: lançados no lago de fogo. Textos: Jd 6; 1Co 6.3.
E- os Mortos Não-Redimidos: Tempo:  Depois do Milênio. Lugar: Perante o Grande Trono Branco. Juiz: Cristo. Participantes: Todos os não-salvos desde o principio da humanidade. Base: O que faz serem julgados é a rejeição da salvação em Cristo, mas o fogo do juízo é a demonstração de que pelas próprias más obras merecem a punição eterna. Resultados: O lago de fogo. Textos: (Ap 20.11-15).
A VINDA DE JESUS CRISTO:(Jd.14,15).Juntamente com a sua Igreja, virá o Senhor para derrotar o Anticristo, e implantar, aqui na terra, o glorioso reino milenial. (Dn.l 7.10;Mt.25.31;2 Ts.1.7; Ap. 1.7; Ts 2.8; Ap 19.20;  Ap 17.14; Ap.16.14,16; Ap 17.14; Ap 19.11; 2 Ts 1.7,8; Sl 96.13; Jo 5.30). A seguir, algumas profecias acerca da vinda de Jesus e a Nova Jerusalém.
RESUMO FINAL SOBRE O MILÊNIO, A VOLTA DE JESUS E A NOVA JERUSALÉM: História de Megido ou Armagedom, palco da maior batalha terrestre de todos os tempos.Daniel 11.40-45; Joel 3.9-17; Zacarias 14.1-3; Apocalipse 16.14-16.
O VALE DE JEZREEL-VALE DO MEGIDO = VALE DO ARMAGEDOM: CENÁRIO HISTÓRICO DA BATALHA TRAVADA POR GIDEÃO E OS SEUS TREZENTOS. Megido ( meghiddô ) foi uma das cidades tomadas por Josué, quando invadiu Canaã (Js 12.21).Era localizada ao sopé da região montanhosa do lado norte da serra do Carmelo, na planície de Esdrelon, também conhecida como planície de Megido (antigamente era chamada vale de Jezreel - Js 17.11,16), que se estende desde os montes de Nazaré, ao norte, até aos montes de Samaria, ao sul, e entre os montes Carmelo e Gilboa.
Nela passava a estrada principal que ligava a Mesopotâmia ao Egito, e a estrada de comércio que vinha do sul da Arábia e ia até Gaza, na Filístia (Jz 6.3,4). Devido à sua localização estratégica, a região era conhecida como campo de batalha das nações. Ao longo dos séculos, ela tem sido palco de inúmeras guerras:
Durante a permanência de Israel na terra prometida, ali aconteceu a batalha de Débora e Baraque contra Jabim, rei de Canaã (Jz.4 e 5); de Gideão contra os midianitas (Jz 7); a última batalha de Saul contra os filisteus (1 Sm 28 a 31); de Elias contra os profetas de Baal (1 Rs 18.40); de Ben-Hadade, rei da Síria contra Israel (1 Rs 20); de Josias, rei de Judá, contra Faraó Neco (2 Rs 23.29,30).
No Novo Testamento a área de Megido é chamada de Armagedom (har-meghiddôn) , que significa “monte de Megido”. Ali ocorrerá a terrível batalha final dos reis da terra contra Israel, e da grande vitória de Israel que será promovida por Cristo (Os 1.10,11; 2.14-23; 13.4, 14; Zc 12.1-11; Ap 16.12-16; 19.11-19), quando então se darão as prisões da tríade maligna: Satanás, o anticristo e o falso profeta (Ap 19.19-21; 20.1,2), e terá início o reino milenial.
Segundo a Bíblia, grandes exércitos do Oriente e do Ocidente se reunirão nessa planície. O Anticristo reagirá a ameaças ao seu poder provenientes do sul. Ele também tentará destruir a Babilônia restabelecida no leste antes de finalmente voltar suas forças contra Jerusalém. (Durante centenas de anos a Babilônia, localizada no atual Iraque, foi uma das cidades mais importantes do mundo.
Segundo Ap.14.8; 16.9; e 17-18, ela será reconstruída novamente nos últimos dias como uma cidade religiosa, social, política e economicamente poderosa). Enquanto o Anticristo e seus exércitos atacarem Jerusalém, Deus intervirá e Jesus Cristo voltará. O Senhor destruirá os exércitos, capturará o Anticristo e o Falso Profeta e os lançará no lago de fogo (Ap.19.11-21). O Glorioso Aparecimento de Cristo do Céu para Julgar e Guerrear (1 Co 15.51;1Ts 4.15).
A campanha do Armagedom: DESCRIÇÃO: Os reinos se reúnem para a peleja (Ap 19:15);num lugar chamado Armagedom (Ap 16:16) e Deus julgará as nações por: a. haverem perseguido Israel (Jl 3:2) ;b. por causa de sua iniquidade (Ap 19:15);c. por causa de sua impiedade (Ap 16:9) ;
Localização: 1. O monte Megido: Importantes batalhas de Israel (Jz 4; 5; 7; I Sm 31:8; II Rs 9:27; II Rs 23:29,30);
2. Vale de Josafá (Jl 3:2,13); 3. Edom ou Iduméia (Is 34; 63); 4. Jerusalém (Zc 2:2-11; 14:2);
Os participantes: 1. A federação de dez reinos, sob a liderança da besta. 2. A federação do norte. 3. Os reis do leste.4. O rei do sul. 5. O Senhor e seus exércitos celestiais. · Embora a hostilidade dos quatro primeiros seja de um contra os outros e contra Israel (Zc 12:2,3; 14:2) é particularmente contra o Deus de Israel que eles lutam (Sl 2:2; Is 34:2; Zc 14:3;Ap 16:14; 17:14; 19:11,14,15,19,21)
Os resultados:1. Os exércitos do Sul são destruídos na campanha. 2. Os exércitos da Confederação do Norte são destruídos pelo Senhor. 3. Os exércitos da Besta e do Leste são destruídos pelo Senhor na Segunda Vinda. 4. A Besta e o Falso Profeta são lançados no Lago de Fogo (Ap 19:20) 5. Os incrédulos são eliminados de Israel (Zc 13:8) 6. Os crentes são purificados graças a essas invasões (Zc 13:9) 7. Satanás é preso (Ap 20:2)  Deste modo, todas as forças hostis ao reinado de Cristo são destruídas.
No arrebatamento da Igreja nos encontraremos com o Senhor nas nuvens, nos ares e ninguém verá ao Senhor, exceto os que são arrebatados, os crentes. Ele vem para nos tirar do mundo e levar-nos para Ele (Jo 14), mas no dia do Senhor, Ele vem com a nuvens e todo olho o verá, Ele vem para juízo das nações e de Satanás e seus seguidores, vem também trazendo livramento para Israel (aqueles que traspassaram), iniciará a batalha do Armagedom,no vale Megido.
O QUE É A VOLTA TRIUNFAL DE CRISTO É a volta de CRISTO em sua segunda fase, pois na primeira, Ele veio sobre as nuvens, ninguém o viu e Ele veio para arrebatar a Igreja e levá-la ao Tribunal de CRISTO e Bodas do Cordeiro, para receberem galardão e serem definitivamente livres da morte e do juízo. Desta vez, porém será visto por todo o mundo, pois as TV’S estarão mostrando sua decida sobre o monte das Oliveiras, em Jerusalém, num momento trágico para os judeus que estarão sendo sitiados por exércitos do anticristo, mas clamarão a DEUS pelo Messias prometido e então DEUS enviará o Senhor dos Senhores e o Rei dos Reis, JESUS, que desce com grande poder e glória. (Mt 24.30; Ap 1.7 acima)
CARACTERÍSTICAS DO ARREBATAMENTO: Será em segredo (Mt 24.36); Cristo vem para a Igreja (1 Ts 4.17); Antes da Grande Tribulação (Ap 3.10); Jesus vem nos ares (1 Ts 4.17); Os santos o verão (1 Ts 4.17); Tempo de Alegria (I Jo 3.2 Ap 1.6); Incrédulos deixados (Mt 24.40); Em todo o Planeta.
CARACTERÍSTICAS DA SEGUNDA VINDA: Será pública (Ap 1.7); Cristo vem com a Igreja (Judas 14); Após a Grande Tribulação (Mt 24.29-30); Jesus pisa no Monte das Oliveiras (Zc 14.4); Todo olho verá (Ap 1.7); Tempo de Lamentação (Mt 24.30 Sf 1.17); Incrédulos destruídos (Mt 25. 41-46 Sf 1.17); Fisicamente em Israel.
COMO SE DARÁ O RETORNO TRIUNFAL DE CRISTO: O Glorioso Aparecimento de Cristo do Céu p/Julgar e Guerrear:
a) Cristo voltará com os crentes e com seus anjos (2 Ts 1.7-10; Jd 14, 15; Ap 19.14); b) Cristo reunirá os santos da tribulação (Mt 24.31; 25.31-40; Mc 13.27; Ap 20.4); c) Os incrédulos não estarão preparados (Mt 24.38,39,43); d) Cristo separará os homens na terra (Mt 13.40,41, 47-50; 25.31-46); e) As nações ficarão enfurecidas diante desse evento (Ap 11.18); f) Os santos se regozijarão diante desse evento (Ap 19.1-8); g) Cristo julgará e destruirá os ímpios,o anticristo, satanás será preso por mil anos (Is. 13.6-12;Ez .20.34-38;Mt 13.41-50; 24.30; 25.41-46;Lc 19.11-17;1Ts 5.1-11;2Ts 2.7-10,12;Ap 6.6,17; 11.18; 17.14; 18.1-24; 19.11-20.3); h) Os santos da tribulação receberão galardões (Mt 5.11,12; 1Co 3.12-14; 9.25-27; Gl 6.9,10; 2Tm 4.8; Ap 20.4); i) Os santos da tribulação compartilharão da glória de Cristo e do Reino (Mt 25.31-40; Rm 8.29; 2Ts 2.13,14; Ap 20.4);
OBJETIVOS DA VOLTA TRIUNFAL DE CRISTO: 1. Punir os ímpios.(Jd.14,15;Dn.7.10;Zc.14.5;Mt.25.31;2 Ts.1.7; Ap.1.7). 2. Socorrer Israel. A topografia da área será mudada dramaticamente. O monte fender-se-á: uma metade avançará para o Norte, a outra,p/o Sul, deixando um vale entre ambas as metades. (Zc 14.1;Zc.12.3-9;Zc.14.3;Lc 24.50,51; At 1.9-12); 3. Levar Israel à conversão nacional. (Zc 12.7-10; Ap 16.16; 19.19); 4. Derrotar as forças do Anticristo e implantar o Milênio. O Governo da Terra estará de acordo com a vontade de DEUS, ou seja, será Teocracia, governo de DEUS. (1 Sm 12.17; Ap 20.1-4;Gn 3.13; Mt 24.24; 2 Ts 2.9,10).; Ez 37.11-14; Ef 2.14-22; 3.6; Hb 11.39,40;  Jo 14.3 *; 1 Co 15.51);
REVELAÇÃO DE CRISTO: Israel estará quase derrotado, mas Cristo aparece nos céus com a igreja e seus pés tocarão o Monte da Oliveiras que se fenderá ao meio. As tropas do Anticristo tentaram lutar, mas não terão oportunidade, pois o anticristo e o Falso Profeta são lançados vivos no Lago de fogo e os corpos do exército do Anticristo servirão de comida de aves (Zc.14:3,4 ;Mt.24:27-30 ;Ap.19:11-21 ;I Ts 1:7-10).
A preparação para o reino:Os judeus aceitam a Cristo como Messias (Zc 12:10; 13:9; Ez 26:24-31; Rm 11:26); haverá Juízo de judeus (Ez 20:33-38; Ml 3:1-5) e o julgamento dos gentios (Mt 25:31-46; Dn 12:11), a ressurreição dos santos do AT e dos da Tribulação (Ap 20:4-6; Dn 12:2 cf 12:13) e a prisão de satanás (Ap 20:1-3) , com o  estabelecimento do reino (II Tm 2:12; Ap 20:4; Gn 15:18) .
PROPÓSITOS:Cristo será manifesto a todo o mundo (Is 52.10; Ap 1.7; Mt 24.30)  e reunirá seus escolhidos, sendo glorificado neles (Mt 24.31 2 Ts 1.10) ; além disso, exterminará os ímpios (2 Ts 1.8; Is 42.13,14; 63.3-6)  e livrará  Israel, destruindo os seus inimigos (Jl 3.16; Is 31.4,5; Is 49.24-26; Zc 14.3) , sendo Jesus, contemplado pelos judeus e recebido como Seu Messias (Zc 12.10) , onde julgará as nações, determinando quem participará do Milênio (Mt 25.31-46)  e estabelecendo o seu Reino Milenar (Zc 14.9) .
A Formosa Jerusalém Celestial(2 Pe 3.13;Is 65.17; Is 66.22; Gl 4.26; Hb12.22; Ap 3.12;  Ap 21.2).
A VIDA GLORIOSA NA DITOSA CIDADE TERÁ: Comunhão com Cristo (Ap 21.22; 1Jo 3.2);Plena Santidade  (Ap.21.27); Glória Inaudita (Ap 21.11); Riquezas Imensuráveis(Ap 21.11,18-21); Completo Conhecimento de DEUS (Ap.21.14; 22.4); Infinita Adoração(Ap 22.3); Contemplação da Face Divina (Ap 22.4); Incomensurável Governo (Ap 22.5).
O QUE É JERUSALÉM: Cidade sagrada do judaísmo, cristianismo e islamismo. Atual capital de Israel, situada no planalto central da Palestina. 616.000 hab. (est. 1993). Cidade santa das três grandes religiões monoteístas, Jerusalém representa para os judeus a prova viva da grandeza passada e o pólo de seu renascimento nacional.
Entre os anos 1948 e 1967, Jerusalém esteve dividida entre Israel (Jerusalém ocidental) e Jordânia (Jerusalém oriental ou “cidade velha”); em junho de 1967, durante a guerra dos seis dias, Israel ocupou o setor jordaniano, sobre o qual proclamou sua jurisdição. Seu estatuto como capital de Israel foi reafirmado por uma lei de 1980. Desde 1975, a Jerusalém unificada passou a ser a maior cidade de Israel. Jerusalém (Yerushalayim em hebraico, Bait al-Muqaddas ou al-Quds em árabe) localiza-se no planalto central da Palestina, a 760m de altitude.
OS UFÓLOGOS ESTÃO QUASE CERTOS... A GRANDE “NAVE MÃE” ESTÁ CHEGANDO!
A NOVA JERUSALÉM: Está agora no céu (Gl 4.26); dentro em breve, ela descerá à terra como a cidade de Deus, que Abraão e todos os fiéis esperavam, da qual Deus é o arquiteto e construtor (Fp 3.20; Hb 11.10,13,16). A nova terra será a sede do governo divino, e Ele habitará para sempre com o seu povo (cf. Lv 26.11,12; Jr 31.33; Ez 37.27; Zc 8.8)
Definição: Não haverá somente um novo céu e uma nova terra, mas haverá também uma nova cidade; haverá. a Nova Jerusalém em vez da velha Jerusalém. Como Deus levou a Moisés ao cume de Pisga para mostrar-lhe toda a terra da promissão (Deut, 34), assim um dos sete anjos que tinham as sete taças levou a João a um grande e alto monte para contemplar a nossa terra da promissão, a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu.
A localização da Nova Jerusalém. Será uma cidade literal,com fundamentos; não é o céu, mas descerá do céu. Os crentes verdadeiros buscam a futura cidade celestial. (Hb.13:14;Hb.11:10;Hb. 11:16; Jo 14:2,3)
dimensões: A Nova Jerusalém é uma cidade do formato de cubo,com 2.223 quilômetros em todos os quatro sentidos, com altura de 2.223 quilômetros, com base de quase cinco milhões de quilômetros quadrados e feita de ouro puro.
 CONDIÇÕES PARA ENTRAR NELA: Só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro; o  livro da vida do Cordeiro é o livro que dá admissão ao mundo eterno, pois a missão plena de Jesus Cristo, derramando o seu sangue, foi para conduzir-nos a Deus, em sua real presença.  O livro da vida é o livro* de uma infinita compaixão, porque contém, exclusivamente, nomes de ex-pecadores. Está aberto para todos; e, no entanto, muitos desprezam as suas promessas.
OS LIVROS ESCRITOS: Entre os livros escritos com tintas e outros não, encontramos os seguintes: (a) O livro da consciência. Rm 2.15; (b) O Livro da natureza (SI 19. 1-14); (c) O livro da lei (Rm 2. 12); (d) O livro do evangeIho (2Tm 2. 16); (e) O livro das memórias (Lc 16. 25);  (f) O livro (s) das obras humanas (Ap 20. 12) e (g) O livro da vida.
A BASE DA ESPERANÇA DO CRENTE:O alicerce da esperança segura do crente procede da natureza de Deus, de Jesus Cristo e da Palavra de Deus.
(1) As Escrituras revelam como Deus sempre foi fiel, no passado, ao seu povo. (Sl.22; Sl.105; 124.8; Hb 13.6);
(2) A plenitude da revelação do novo concerto em Jesus Cristo acresce mais uma razão para a esperança (Cl 1.27; 1Tm 1.1;Rm 15.12,13; cf. 1Pe 1.13; ver Êx 17.11).
(3) A Palavra é base da esperança. (2Tm 3.16; 2Pe 1.19-21;Sl 119.49, 74, 81, 114, 147; 130.5; cf. At 26.6; Rm 15.4).
(4) Temos esperança na graça de Deus e no livramento que Ele nos oferece, nas tribulações desta vida presente (Sl 33.18,19; 42.1-5; 71.1-5,13-14; Jr 17.17,18).
(5) Temos esperança de que chegará o dia em que nossas tribulações cessarão aqui na terra, quando esta não estará mais sujeita à corrupção, e terá lugar a redenção (ressurreição) do nosso corpo (Rm 8.18-25; cf. Sl 16.9,10; 2Pe 3.12; ver At 24.15). (3) Temos esperança da consumação da nossa salvação (1 Ts 5.8).
(6) Temos a esperança de uma casa eterna nos novos céus (2Co 5.1-5; 2Pe 3.13; ver Jo 14.2), naquela cidade cujo arquiteto e edificador é Deus (Hb 11.10).
(7) Temos a bendita esperança da vinda gloriosa do nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo (Tt 2.13), quando, então, os crentes serão arrebatados da terra, para o encontro com Ele nos ares (1 Ts 4.13-18), e, quando, então, nós o veremos como Ele é e nos tornaremos semelhantes a Ele (Fp 3.20,21; 1Jo 3.2,3).
(8) Temos a esperança de receber a coroa da justiça (2Tm 4.8), de glória (1Pe 5.4) e da vida (Ap 2.10).
(9) Temos a esperança da vida eterna (Tt 1.2; 3.7); da vida garantida a todos que confiam no Senhor Jesus Cristo e o obedecem (Jo 3.16,36; 6.47; 1Jo 5.11-13).
SIGNIFICADO DE JERUSALÉM PARA OS ISRAELITAS: Jerusalém era um símbolo de tudo quanto DEUS queria para o seu povo: Lugar para pôr seu nome (Dt 12.5, 11, 21; 14.23, 24;1Rs 11.13; 14.21) templo do DEUS erigido “santa cidade”, “a Cidade de DEUS”, e “a Cidade do SENHOR”, onde DEUS revelava sua Palavra ao seu povo (Is 2.3);“vale da Visão” (Is 22.1) e era o lugar onde DEUS reinava sobre seu povo (Sl 99.1,2; cf. 48.1-3, 12-14); Senhor qual montes protegia-a.(Sl 125.1,2).
O SIGNIFICADO DE JERUSALÉM PARA A IGREJA CRISTÃ.Jerusalém, como a cidade santa, já não estava aqui na terra mas no céu, onde DEUS habita e Cristo reina à sua destra; de lá, Ele derrama as suas bênçãos; e de lá, JESUS voltará Lugar onde nasceu o cristianismo, onde Jesus  foi crucificado, ressuscitou e derramou o Espírito Santo (At 2). A igreja de Jerusalém foi a igreja-mãe de todas as igrejas, e a igreja a qual pertenciam os apóstolos (At 1.12-26; 8.1) e a Jerusalem terrestre ainda tem um papel futuro a desempenhar no reino milenar de DEUS (Is.65.17). Depois do julgamento do trono branco (Ap 20.11-15), Jerusalém celestial descerá à nova terra como a sede do reino eterno de DEUS ( Ap 21.2 ).
A NOVA CIDADE DE JERUSALÉM CELESTIAL: a) Sua arquitetura: Enfatiza a pureza e perfeição, de pedras semipreciosas em suas paredes e edifícios feitos de ouro tão puro quando o ‘vidro transparente (Ap 21.2; Is.60). b) Sua Iluminação: A Nova Jerusalém não terá noite (Ap 21.25; Jo 1.4-8). A Nova Jerusalém é iluminada do interior para o exterior pela presença de Deus e do Cordeiro (Ap 21.23; cf. Ex 13.21; Sl 43.3; 118.27; Is 9.1,2; 60; Zc 14.6;Is 60.3). c) Sua População: Todos os habitantes da Nova Jerusalém serão puros (Ap 21.27; cf. vv.7,8). Foram purificados por Deus e lavados no sangue do Cordeiro.(Is 4.2-6; 52.1ss.; Mq 4.1-7; Zc 13.1; 14.8,21). d) Seu Abastecimento de Água: Na Nova Jerusalém seu suprimento de água viva é inexaurível vindo do rio celestial. (AP.22:1); e) Seu Rei: Deus reinará eternamente (Sl 110; cf. Lc 20.41-44).

ALERTA FINAL NO TEMPO PRESENTE - TEOLOGIA DA PROSPERIDADE: TÁTICA PARA ENGANAR A IGREJA NA IMPLANTAÇÃO DA NOVA TECNOLOGIA DA ORDEM MUNDIAL:
Você já imaginou quem serão os primeiros “crentes”a usarem o chip? Seriam os visitantes que somente vão às reuniões de igrejas só para obterem cura, fama e riquezas, mas que desprezam o relacionamento com Deus e não se importam em aprender a Bíblia no discipulado?
Como se defenderão da mentira da Nova Era se não estudam a Palavra nem têm comunhão com o Espírito Santo, materialismo?
A Nova Ordem Mundial quer imputar as injustiças e irresponsabilidades humanas ao Criador, não querendo se submeter à vontade divina, nem crendo na existência do pecado; não crêem na existência do diabo, mas usam o poder e as riquezas de satanás para viabilizar o projeto (666) e não se importam de serem chamados de anticristos, por isso a violência impera; há um incentivo secreto visando jogar os povos contra os outros promovendo atentados e terror para mostrar à sociedade a importância do plano globalizado de segurança ao mundo.
A política governará com astúcia e a hipocrisia, numa doutrina de severidade, visando triunfar e escravizar os governos do mundo ao governo que terá imposto, religião e exército único e a imprensa será censurada e estará sob o controle dos ocultistas mundiais para o povo não conhecer a existência do mal encabeçado pelo anticristo que promoverá desordens e falências por toda parte, visando  provocar uma crise econômica mundial, ocasionando uma violência sem controle, onde no plano de dominação, usarão a imprensa para colocar a culpa nos cristãos, querendo destruir por completo a importância da família cristã e seu valor educativo.(Lembrete: Dízimo, Cura e Riqueza não salva!)
A Nova Ordem Mundial quererá deixar os povos sem informação apenas para fazer  aquilo que quiserem e dirão que os cristãos seguidores de Jesus deverão ser detidos pois seu Deus cristão quererá condenar a humanidade pelas predições bíblicas do Armagedom, descrito no Apocalipse. O evangelho será impedido de ser pregado em todo o mundo e usarão de todos os meios para afastarem da terra os cristãos inteligentes (aprisionar, matar); começarão a influenciar os jovens com os princípios ateístas e evolucionistas, na educação das escolas e faculdades para servirem aos conceitos e valores básicos da “Nova Ordem Mundial,numa Religião Única Universal,Pós-moderna.
VOCÊ ACHA QUE A MARCA DA BESTA DEMORA? (2 Ts.2:1-12)  A Bíblia diz que está perto;pouco tempo resta ao inimigo (Ap.12:12).
Com o atentado das torres nos EUA, a privacidade acabou; as armas tecnológicas que antes faziam parte do uso de agentes secretos se voltaram contra a liberdade individual; as fronteiras da vida privada parecem encolher cada dia com a invasão dos computadores, telefones celulares e câmeras de vigilância. Em troca de facilidades de pagamento pelo cartão bancário em restaurantes, hotéis, supermercados ou pedágios, o cidadão deixa gravados seus rastros e preferências pelos hábitos de consumo e estas companhias operam em escala mundial, podendo investigar desde dados banais como endereço, telefone, estado civil e saldo bancário. (Outro Lembrete:A Igreja que sobe é o crente!)
Câmeras identificam rostos e avaliam aparência  das pessoas; o sistema de pedágios com chips para carros é implantado vagarosamente e os passaportes estão sendo mudados para digitais, com chips com informações como foto e impressão digital; quando o viajante passar pelos aeroportos, os dados são armazenados para o rosto ser reconhecido pelas câmeras no país. O poder de repressão na sociedade vigiada, na famosa frase “sorria, você está sendo filmado” já é algo incorporado ao cotidiano das pessoas. As companhias aéreas têm de enviar um relatório completo dos passageiros a cada vôo que decola dos aeroportos brasileiros. No transporte de carga, 60 mil caminhões cruzam as rodovias nacionais acompanhados em tempo real por satélites; um desvio de rota ou  parada fora do plano é reportada imediatamente.
Recentemente o banco ABN-Amro encomendou à empresa Imagem fotos de satélites associadas a dados estratégicos, como o tamanho das casas e o poder aquisitivo dos moradores. Bisbilhotar a vida alheia virou brincadeira: basta ter em mãos um cartão de crédito. Imagens de satélites antes consideradas segredo de Estado hoje são vendidas como livros pela internet e sua qualidade melhora a cada dia. Os brasileiros assistem ao Big Brother (grande irmão na maçonaria ocultista), símbolo do líder anticristão que virá;ocorrem  roubos, assaltos e sequestros em lugares  monitorados por câmeras; na internet, a espionagem acarreta desde web-piratas a trotes por vírus nos correios eletrônicos com ameaças de sequestros; chefes monitoram o acesso de funcionários à internet e ainda que a legislação brasileira defenda a privacidade, as corporações alegam que o e-mail é delas,desaparecendo o caráter privado das mensagens e todo mundo está desprotegido.
As malhas da grife italiana Benetton têm microchips que enviam sinais com sua exata localização, e as etiquetas com chips inteligentes armazenam informações para rastrear a peça durante toda a sua vida útil, facilitando a localização do cliente através de sua roupa.
“Existem 1001 utilidades para o microchip implantado,cujo objetivo é provocar falsa harmonia global, nacional, social e individual.
Num futuro bem próximo, quem se recusar ao implante de pele do verichip estará mostrando ao sistema que é improdutivo e rebelde para a “nova sociedade” e será preso, sem direito a fiança, para não tumultuar a “nova sociedade”. A educação quererá educar as crianças com noções de cidadania e obediência à “Nova Ordem Mundial”, ensinando uma “nova religião”, que engloba todas as outras existentes, aparentemente baseada nos conceitos de amor homossexual, paz aparente e fraternidade artificial, afirmando que cada pessoa seria um deus em si mesma, devendo perceber essa divindade, descobrir-se e iluminar-se, pelo auto-conhecimento,meditação,se “auto-salvando” sozinha.
Revolta armada será impossível;porte de arma já é crime. O evangelho será tido por  influencia ou lavagem cerebral de “fanáticos” religiosos fundamentalistas extremos, que pregam o fim do mundo; quem não aceitar a marca da besta será levado para centros de reabilitação e quem sabe, não estará num novo big-brother,voltando aos tempos da Roma antiga, onde os cristãos rebelados eram colocados numa arena?
A verdade é que Israel já é nação, a Europa já se unificou, a tecnologia avança para chipar tudo e muitos já usam o chip na testa e nas mãos: Pecam conforme (Lv.19:28), se cumprindo (Ap.13:16-18), e quem usar será castigado (Ap.14:9-12):o chip possui um metal chamado lítio e que se tiver contato com o sangue,produz ácido carbônico e provoca queima dos alvéolos pulmonares. Não queremos atemorizar, mas alertar! Vivamos em comunhão com Deus, peçamos o selo do Espírito Santo,oremos pelo arrebatamento da igreja e alertemos ao mundo!
ACORDE! A PORTA DA GRAÇA ESTÁ FECHANDO;JESUS BREVE VEM!QUEM TEM OUVIDOS OUÇA O QUE O ESPÍRITO DIZ ÀS IGREJAS! SE VOCÊ GOSTOU DESSE MATERIAL, TIRE XEROX  E DIVULGUE! ALERTEMOS A TODOS PARA QUE NÃO  SEJAM ENGANADOS!
SOMOS CRISTÃOS - SOMOS PERSEGUIDOS E INJURIADOS
SOMOS O SAL DA TERRA - SOMOS A LUZ DO MUNDO
SOMOS O CORPO DE CRISTO - SOMOS SALVOS PELA FÉ
SOMOS COMISSIONADOS POR JESUS - SOMOS VITORIOSOS POR SEU SANGUE
SOMOS SELADOS PELO ESPÍRITO SANTO - SOMOS ESPERANÇOSOS NA PAROUSIA
SOMOS ABENÇOADOS POR DEUS - SOMOS GUERREIROS CONTRA O MAL
SOMOS VITORIOSOS CONTRA O INFERNO

NÃO SOMOS DONOS DA VERDADE, MAS SERVOS DELA; O QUE SÓ PODEMOS DIZER:

ESTAMOS PREPARADOS PARA A VINDA DE JESUS?